Press "Enter" to skip to content
Você está em | Home | Dicas, Truques e Macetes | Três câmeras no celular são suficientes…

Três câmeras no celular são suficientes…

Compartilhe

Ao escolher um novo smartphone, uma das características mais observadas pelos consumidores é o sistema de câmeras. Afinal, todos desejam capturar fotos e vídeos de alta qualidade em um único dispositivo.

No entanto, será que ter mais câmeras é sempre sinônimo de melhores resultados?

Eu poderia responder a essa pergunta logo de cara, mas como preciso produzir conteúdo útil, vou segurar o suspense. Mas aqueles que assistem regularmente aos vídeos que eu publico diariamente no canal do @TargetHD no YouTube já sabe o que eu penso sobre o assunto.

 

Quantidade não é sinônimo de qualidade

Quando nos deparamos com as opções disponíveis no mercado, é comum nos preocuparmos com a resolução da câmera e com a quantidade de sensores presentes. Mas será que um celular com mais de três sensores realmente é necessário?

Essa dúvida alugou um apartamento na cabeça de muitos usuários de smartphones durante um bom tempo, e um estudo detalhado sobre o assunto revela algumas surpresas.

Em primeiro lugar, é importante destacar que as lentes macro, que são capazes de fotografar objetos em primeiro plano com riqueza de detalhes, são pouco utilizadas na prática. Para aproveitá-las, é necessário ativar o modo macro nas opções da câmera, algo que muitos usuários sequer fazem, mesmo possuindo celulares com quatro sensores.

Ou seja, só por esse comportamento, já temos uma subutilização de recursos, ou um desperdício de funcionalidades.

Além disso, a qualidade da imagem não está diretamente relacionada ao número de sensores, mas sim à qualidade desses sensores. E isso é algo que eu defendo desde sempre como produtor de conteúdo.

Um exemplo disso é a câmera do iPhone, que consegue capturar fotos impressionantes mesmo sem a presença da lente macro. Isso é possível graças ao uso do sensor ultra grande angular, que atinge o mesmo objetivo de capturar imagens em close com excelência. Surpreendentemente, existem dispositivos no mercado que oferecem resultados igualmente satisfatórios mesmo sem a presença dessa lente específica.

Então… será que é realmente necessário ter mais de três câmeras em um smartphone?

 

É claro que não!

Para um telefone de top de linha ou de preço elevado, geralmente são suficientes três lentes: o sensor principal, o ultra grande angular e a lente teleobjetiva. Mais importante do que a quantidade de câmeras é considerar outros aspectos, como os sensores utilizados, a abertura, a distância focal, o ângulo de visão, os megapixels, o zoom, entre outros.

O problema é que não são todos os especialistas de tecnologia que enfatizam esse aspecto. Até porque nem todo mundo é especializado em fotografia. Eu mesmo não sou, mas aprendi com quem é que esse exagero de câmeras é algo desnecessário ou midiático.

Além disso, é fundamental observar a tecnologia empregada, os modos de fotografia disponíveis e se o dispositivo possui estabilização ótica de imagem (OIS), que contribui para imagens mais nítidas e menos borradas. Uma avaliação geral do usuário considerando todos os aspectos que foram abordados até aqui, levando em conta a qualidade das fotos produzidas pelos modelos de interesse, é essencial para tomar a decisão final.

 

Conclusão

Se você está procurando um novo smartphone com foco (sem trocadilhos) na qualidade das câmeras, é importante questionar se realmente é necessário ter um dispositivo com mais de três sensores. Analisar todos os aspectos técnicos e as necessidades pessoais é o caminho para encontrar um dispositivo que capture fotos e vídeos com qualidade, independentemente do cenário ou condições de luminosidade.

Precisamos derrubar esse mito construído em torno da quantidade de sensores de câmera, pois outros fatores são muito mais relevantes para se obter os melhores resultados fotográficos.

Pode até dar um pouco mais de trabalho estudar tantos detalhes apenas para tirar o telefone do bolso e registrar uma foto, mas eu tenho quase certeza de que você não vai se arrepender no futuro por ser um pouco mais chato para escolher um dispositivo para registrar os melhores momentos de sua vida.


Compartilhe