TargetHD.net | Notícias, Dicas e Reviews de Tecnologia O que levar em consideração ao comprar smartphones com tela de 90 Hz | TargetHD.net Press "Enter" to skip to content
Wetten.com Brasil Apostas
Você está em | Home | Dicas, Truques e Macetes | O que levar em consideração ao comprar smartphones com tela de 90 Hz

O que levar em consideração ao comprar smartphones com tela de 90 Hz

Compartilhe

Os fabricantes e até a mídia acabam dando muita ênfase para a taxa de atualização de tela nos smartphones. É claro que o recurso é importante para se obter uma melhor experiência de uso com o dispositivo, mas é preciso ter cuidado para não se deixar levar pelos aspectos mediáticos dessa informação.

Neste post, vamos mostrar por que nem todos os smartphones com telas de 90 Hz entregam a mesma experiência de uso, e quais outros fatores precisam ser observados por você antes de realizar a compra do próximo telefone para assim obter os resultados que você procura no dispositivo.

 

 

 

Nem todas as telas são tão fluídas quanto parecem

As telas com um número elevado de Hz, como são os casos de 90 Hz e 120 Hz, são hoje as mais vendidas do mercado de smartphones.

É claro que elas tendem a funcionar como prometem, principalmente nas tarefas onde a fluidez precisa se fazer presente (como nos casos dos videogames e reprodução de conteúdos multimídia), mas nem sempre o resultado prático é aquele prometido na teoria, e os números inflados podem demonstrar apenas um apelo comercial.

Nem todas as telas entregam a fluidez prometida, e isso pode ficar comprovado quando você experimenta um smartphone top de linha ou premium e, logo depois, testa um telefone de linha média. Os dispositivos podem ter a mesma taxa de atualização, mas a experiência de uso não é a mesma neste aspecto.

É importante ter em mente que nem tudo está limitado à tela e suas características de hardware. O processador pode influenciar muito nesta equação, pois é ele (trabalhando com a GPU) quem vai gerenciar as informações que serão exibidas na tela.

A própria qualidade da tela também tem peso e relevância neste aspecto, pois diferentes materiais podem entregar diferentes níveis de fluidez nas imagens exibidas.

Ou seja, ter uma tela com 90 Hz em um smartphone intermediário pode sim entregar um resultado diferente daquele alcançado por um telefone top de linha. Um modelo mais completo sempre terá uma fluidez maior.

 

 

 

Potência, software… tudo vai influenciar

No final das contas, todo o conjunto técnico do smartphone vai influenciar no desempenho da taxa de atualização da tela do dispositivo. E isso parece algo bem óbvio para qualquer pessoa que conhece o mínimo de tecnologia móvel.

Então, antes de comprar um novo smartphone, dê uma olhada nos aspectos técnicos que vão além da taxa de atualização da tela. Um smartphone com taxa de atualização de 90 Hz com processador Snapdragon 865 pode ser mais fluído que um dispositivo com 120 Hz e processador Dimensity 700. E a diferença está sim no hardware mais potente.

Certamente vamos notar uma maior fluidez nos smartphones com tela de 90 Hz em dispositivos mais econômicos, e isso é sempre algo muito bem vindo. Afinal de contas, todo e qualquer benefício que um telefone pode oferecer em um dispositivo mais barato vai se converter em uma melhor experiência de uso.

Porém, nem todas as telas de 90 Hz vão funcionar de forma tão fluída, e vários fatores ao redor deste elemento são importantes para determinar o melhor resultado final.

Sim. Parece óbvio. Mas muita gente não presta a devida atenção para os detalhes.


Compartilhe