Press "Enter" to skip to content
Você está em | Home | TV Por Assinatura e Streaming | É oficial: adeus, HBO Max. Olá, Max!

É oficial: adeus, HBO Max. Olá, Max!

Compartilhe

A fusão entre a HBO Max e a Discovery+ foi oficialmente anunciada há alguns meses, e agora se concretiza com o lançamento da plataforma de streaming, que vai se chamar simplesmente Max.

O CEO da Warner Bros. Discovery David Zaslav apresentou o nome e o novo (e simples) logotipo da nova plataforma em um evento de imprensa. O início das atividades da nova plataforma está previsto para 23 de maio nos Estados Unidos, e será estendido a outros países em um momento posterior. O Brasil só deve receber o novo serviço em 2024.

Neste artigo, vamos conhecer as principais informações compartilhadas sobre o Max, e tentar descobrir se ela tem real potencial para ser a nova força dominante do serviço de streaming.

 

As principais novidades da Max

A plataforma Max tem como principal objetivo competir com gigantes como Netflix e Disney+, com sua oferta de 40 novos conteúdos e temporadas todos os meses. Mas neste primeiro momento, as questões mais importantes giram em torno dos preços e planos que a plataforma oferecerá.

Haverá três tipos de planos da Max nos Estados Unidos, cada uma com preços diferentes e recursos exclusivos.

O plano mais caro da plataforma, o Max Ultimate Ad Free, permitirá aos usuários acessar o catálogo expandido em 4K UHD, que incluirá títulos como ‘Harry Potter’, ‘The Last of Us’ e ‘Game of Thrones’. O único grande problema desse plano mais completo é que o seu valor ficou mais caro do que aquele cobrado pela atual assinatura, e isso vai deixar muitos usuários descontentes.

Mas esse aumento na mensalidade já era algo esperado, e pelo menos no plano mais caro não temos mudanças nas características do serviço. O usuário poderá reproduzir os conteúdos via streaming do Max Ultimate Ad Free em até quatro dispositivos ao mesmo tempo, na maior resolução disponível.

É mais do que provável que a mudança de nome e fusão de plataformas possa levar a um aumento de preço também para os usuários do Brasil. Nesse momento, muitos usuários aproveitam o desconto “para toda a vida” oferecido pelo HBO Max em modo promocional na ocasião do seu lançamento, mas ainda não está claro se essa oferta será mantida.

Em teoria, a resposta para a dúvida do parágrafo anterior é NÃO, pois na prática estamos diante de uma plataforma completamente nova. Logo, um novo serviço, com nome diferente, com preço de mensalidade diferente.

Ou seja, não estranhe se você tiver a desagradável surpresa em perder o tão amado desconto vitalício no futuro.

 

Os planos da Warner Bros. Discovery com a Max

O objetivo da WBD com a nova plataforma Max é alcançar 400 milhões de lares e ultrapassar 130 milhões de assinaturas em todas as suas plataformas. Porém, independentemente das mudanças que virão, é importante notar que a fusão entre a HBO Max e a Discovery+ é uma jogada estratégica importante para as duas marcas.

A HBO Max já era uma plataforma bem-sucedida, com um catálogo vasto e variado de conteúdo, incluindo filmes e séries populares como Game of Thrones e Friends. A adição dos conteúdos da Discovery+ só tornará a oferta de conteúdo ainda mais atraente para os assinantes.

A fusão também permite que a Max seja ainda mais competitiva que a HBO Max para disputar a liderança do mercado com outras plataformas de streaming. A Netflix, em particular, comanda esse segmento há anos, com uma ampla seleção de conteúdo original e popular.

Com a fusão, a HBO Max e a Discovery+ se tornam uma opção mais forte para os consumidores que procuram um serviço de streaming que ofereça uma variedade de conteúdo de qualidade.

O grande desafio da Max nesse primeiro momento e driblar a questão do preço, que pode ser uma barreira para alguns consumidores. Embora a HBO Max tenha sido elogiada por sua estratégia de preços competitivos em comparação com outras plataformas, a adição dos planos Max Ad-Lite, Max Ad Free e Max Ultimate Ad Free pode ser vista como uma maneira da WBD em aplicar um aumento significativo de preço para alguns grupos de usuários.

Além disso, a exclusividade de alguns títulos populares em 4K UHD, que só estão disponíveis nos planos mais caros, pode ser uma fonte de frustração para os consumidores que esperavam ter acesso a esse conteúdo sem custo adicional.

De qualquer forma, a fusão entre a HBO Max e a Discovery+ para o surgimento do novo serviço Max é um momento para o mercado de streaming como um todo. Essa nova plataforma tem o potencial de se tornar uma das principais opções para os consumidores que procuram uma ampla seleção de conteúdo de qualidade.

Resta saber como os consumidores responderão às mudanças de preço e às exclusividades de conteúdo que foram anunciadas. À medida que o serviço for lançado em diferentes países, será interessante ver como a plataforma vai se adaptar às necessidades e expectativas dos consumidores locais.

 

Max: planos e preços

  •     Max Ad-Lite (US$ 9,99/mês/US$ 99,99/ano): Reprodução simultânea em dois dispositivos, com anúncios, resolução HD 1080p, nenhum conteúdo para download para visualização offline, qualidade de som surround 5.1.
  •     Max Ad Free (US$ 15,99 por mês ou US$ 149,99 por ano): Reprodução simultânea em dois dispositivos, sem anúncios, 1080p HD, até 30 downloads para reprodução offline, qualidade de som surround 5.1.
  •     Max Ultimate Ad Free (US$ 19,99 por mês ou US$ 199,99 por ano): Reprodução simultânea em quatro dispositivos, sem anúncios, resolução Ultra HD de até 4K, 100 downloads para reprodução offline, qualidade de som Dolby Atmos.

https://youtu.be/e8QnMipVP_o


Compartilhe