TargetHD.net | Notícias, Dicas e Reviews de Tecnologia
Windows 11 com 4 GB de RAM: é o suficiente? | TargetHD.net Press "Enter" to skip to content
Wetten.com Brasil Apostas
Você está em | Home | Software | Windows 11 com 4 GB de RAM: é o suficiente?

Windows 11 com 4 GB de RAM: é o suficiente?

Compartilhe

A Microsoft afirma que dá para rodar o Windows 11 em um computador com apenas 4 GB de RAM. Mas ter as “especificações mínimas” não significa que o sistema operacional terá um desempenho adequado.

O recomendado para o Windows 10 e Windows 11 pela maioria dos especialistas em tecnologia é, pelo menos, 8 GB de RAM, pois dessa forma você garante uma experiência de uso minimamente decente.

Porém, vamos considerar que a recomendação da Microsoft tem peso nessa equação. Então, como funciona o Windows 11 com apenas 4 GB de RAM? Será que é viável usar o novo sistema operacional com essa quantidade de memória? Ou é melhor ficar no Windows 10 neste caso?

 

 

 

Windows 11 com 4 GB de RAM: a experiência é boa?

Um artigo publicado pelo site Make Use Of afirma que NÃO… o Windows 11 não roda bem com apenas 4 GB de RAM.

Eles instalaram o Windows 11 em um computador com processador Pentium Silver N5000 (com chip TPM) e 4 GB de RAM, e apesar do chip em questão ser naturalmente mais simples, isso não é determinante para um baixo desempenho, pois o sistema operacional não é exigente neste aspecto.

Dito isso, o Windows 11 consumiu nada menos que 3.2 GB dos 4 GB de RAM, ou 80% da RAM disponível. E ao abrir o Chrome, esse consumo foi para 95%, tornando o uso algo inviável.

Ou seja, o resultado do teste ficou bem longe do bom, uma vez que o computador fica um imprestável.

 

 

 

O quanto de RAM é necessário para não ter problemas com o Windows 11?

O mínimo que qualquer especialista em tecnologia (eu, inclusive) recomenda para obter uma boa experiência de uso com o Windows 11 é, pelo menos, 8 GB de RAM.

O ideal mesmo é ter 16 GB de RAM no equipamento, para o sistema ter uma folga na hora de executar tarefas mais pesadas. Mas para quem vai realizar o básico para o dia a dia, como navegar na internet, produzir textos, redes sociais e programas mais leves, os 8 GB de RAM dão conta do recado.

Se o seu computador ainda tem 4 GB de RAM neste momento, o recomendado é que você fique no Windows 10, que ainda entrega uma boa experiência com essa configuração de hardware. Pelo menos para as tarefas básicas ele vai funcionar.

Fora deste cenário, ou você aumenta a quantidade de RAM ou compra outro computador… já com o Windows 11 e 8 GB de RAM.

 

 

 

Realmente vale a pena ter o Windows 11?

Neste primeiro momento, muitos usuários estão com sentimentos e pensamentos mistos em relação ao Windows 11. Algumas coisas no novo sistema operacional agradam muito. Já outras são bem detestáveis.

No final das contas, gosto não se discute, e cada um vai tirar a sua conclusão sobre o resultado final oferecido pela Microsoft nessa proposta. Mas em linhas gerais, posso dizer que o Windows 11 vale a pena… se você esperar mais alguns meses por ele.

Não ter pressa para instalar o Windows 11 é o segredo do sucesso neste caso. Meu conselho é que você espere mais alguns meses, pois a Microsoft tem várias coisas para corrigir no software.

E quando ele estiver realmente pronto, lá no final de 2022, aí sim o Windows 11 vai valer muito a pena.


Compartilhe