TargetHD.net | Notícias, Dicas e Reviews de Tecnologia
Vivo Play app: vale a pena? | TargetHD.net Press "Enter" to skip to content
Wetten.com Brasil Apostas
Você está em | Home | TV Por Assinatura e Streaming | Vivo Play app: vale a pena?

Vivo Play app: vale a pena?

Compartilhe

As empresas de TV por assinatura estão finalmente entendendo que precisam mudar o seu formato de negócio para sobreviver em um mundo que já é dominado pelo streaming. E, neste caso, a frase “se não pode vencê-los, junte-se a eles” é a que melhor explica este movimento.

A Vivo segue os passos de Claro e Oi e lançou o Vivo Play app, plano de TV via streaming que chega para concorrer com o DirecTV Go. E quanto maior a concorrência, melhor.

Neste post, vamos tentar descobrir se a Vivo (que nunca foi conhecida por oferecer produtos com valores acessíveis) está acertando neste lançamento do Vivo Play app.

 

 

 

Como funciona o Vivo Play app?

Da mesma forma que o DirecTV Go, o (quase finado) Oi Play e o Top HD Streaming da Claro: o usuário paga um valor mensal para receber um pacote de canais de TV com programação linear, onde no lugar desse serviço ser oferecido através de um cabo de fibra ótica ou antena DTH, ele é acessado pela internet, da mesma forma que fazemos com o YouTube ou a Netflix hoje.

O Vivo Play app tem dois planos:

  • Inicial (R$ 29,90/mês), com 30 canais
  • Estendido (R$ 49,90/mês), com 70 canais

Para os menos exigentes, o pacote Inicial é bem completo, pois já com vários dos principais canais da TV paga brasileira, e não apenas com os canais abertos e/ou obrigatórios, tal e como algumas operadoras de TV paga estão acostumadas a fazer. Porém, a melhor relação custo-benefício é, sem dúvida, o pacote Estendido, que oferece mais que o dobro de canais por um preço abaixo dos R$ 50.

Outra vantagem do Vivo Play app é poder utilizar o serviço em até três acessos simultâneos (diferente dos dois acessos fornecidos pelo DirecTV Go), com o registro de até 10 dispositivos com a mesma conta.

Porém, é preciso deixar claro algumas coisas.

Primeiro, não estão incluídos no pacote os canais do Grupo Globo, e isso pode ajudar a explicar o seu preço mais competitivo. Além disso, você não pode contratar neste pacote os canais premium, como Tele Cine, HBO e Premiere. Por fim, o serviço só está disponível para os assinantes de planos Controle e Pós Pago da Vivo.

 

 

 

Vale a pena?

Para algumas pessoas, vale a pena, mas pode não ser a melhor relação custo-benefício de verdade.

Nem preciso dizer que o Vivo Play app dá um tiro no pé por ser restrito aos assinantes da própria Vivo. Algo que a Claro também faz com o seu Top HD Streaming. Em teoria, ele poderia se valer do fato de funcionar com vários tipos de dispositivos (Smart TVs, Chromecast, Apple TV, caixas Android etc.) para bater a operadora do Carlos Slim (que não funciona nas Smart TVs e Apple TV, e no Chromecast ele tem limitações sérias), mas pelo menos quando escrevo esse post, ele se limita a ficar na própria casinha.

O preço é bom, a qualidade do serviço é boa (cheguei a usar por um tempo antes de adotar o Claro Box TV), a qualidade de imagem é boa para os padrões do streaming… mas sem alcançar o grande público, ele corre o risco de cair no esquecimento. Ou na obsolescência.

Espero que a Vivo mude de ideia e ofereça o Vivo Play app para o grande público. Até mesmo para motivar a Claro a fazer o mesmo com a sua proposta equivalente.

Sobre o Oi Play, eu me recuso a comentar. Ele está morto. Fato.


Compartilhe