Quem sai ganhando com a “morte” da LG? | TargetHD.net TargetHD.net | Notícias, Dicas e Reviews de Tecnologia
Press "Enter" to skip to content

Quem sai ganhando com a “morte” da LG?

Compartilhe

Quando uma marca morre, outras se beneficiam dessa morte. É uma forma cruel de começar um post sobre tecnologia, mas é o mais sincero que posso escrever para poder entrar neste tópico.

Todo mundo sabe que a LG abandonou o mercado de smartphones, o que vai deixar muita gente sem pai nem mãe (inclusive o meu pai, que insiste em utilizar smartphones da marca, e 10% dos norte-americanos, pelo menos).

E com essa morte, algumas marcas de telefonia móvel vão invariavelmente crescer a sua participação de mercado global.

Neste post, vamos falar quem vai se dar bem com a morte da LG… e quem não vai se dar tão bem assim com essa saída dos coreanos do mercado mobile.

 

 

 

Samsung e Motorola, as duas grandes beneficiadas

Lá fora, Samusng e Motorola devem absorver o mercado que até então era da LG, e por um motivo muito simples: são marcas tradicionais no mercado de telefonia, o que faz com que boa parte dos clientes da finada migrem para as duas, procurando as mesmas garantias de sempre.

Muitas pessoas que eu conheço compravam smartphones da LG porque a marca oferecia garantia de fábrica e assistência técnica especializada no Brasil. E é isso o que esses clientes vão encontrar na Samsung e na Motorola.

Aliás, o mercado brasileiro corre o risco de viver um duopólio da telefonia móvel com Samsung e Motorola controlando a maior parte dos ativos entre os consumidores. Bem sabemos que outras marcas também contam com participação por aqui, mas não dá para dizer que Apple, Xiaomi, Redmi, Huawei e outros fabricantes contam com presença tão relevante, mesmo considerando toda a popularidade junto aos usuários.

 

 

 

Xiaomi, Redmi, Poco, Huawei, etc…

Todas as marcas chinesas também devem se aproveitar do vácuo deixado pela morte da LG no mercado de smartphones.

Os smartphones de fabricantes chineses já são bem populares por aqui, e essa popularidade tende a aumentar de forma considerável, uma vez que teremos um bom grupo de usuários que ficarão órfãos com a saída da marca sul-coreana.

Na verdade, em alguns casos bem específicos (como o da Xiaomi, por exemplo), a LG já tinha ficado para trás em vendas no mercado brasileiro. E isso, considerando que a fabricante chinesa teve dificuldades em se fazer presente por aqui, levando mais tempo que o desejado e com alguns tropeços pelo caminho.

Porém, existe um grande perdedor com a saída da LG do mercado de telefonia móvel…

 

 

 

E o grande perdedor é… o consumidor brasileiro!

Para variar, o brasileiro só se ferra.

Como eu disse um pouco antes neste post, a saída da LG do mercado de telefonia móvel pode resultar em um duopólio da Samsung e da Motorola, mesmo considerando que existe pelo menos uma dezena de outras marcas que podem competir com as duas.

Quando duas empresas dominam um segmento, a tendência é que a fatia de bolo dessas empresas aumente, dificultando ainda mais a vida de outras marcas. E o resultado disso é que o consumidor brasileiro, além de ficar com um número menor de opções, pode se deparar com preços mais caros de smartphones da Samsung e da Motorola.

É uma regra do mercado: quanto menor o número de opções, mais caros são os preços.

Você pode até dizer que “não existe apenas Samsung e Motorola no mercado brasileiro”, e você está certo nessa afirmação. Porém, o que as duas fazem em termos de preços vira referência para as demais marcas, e todo um mercado acaba sendo afetado de forma direta ou indireta com essas variações de preços (principalmente para cima).

Por isso, temos que lamentar um pouco a saída da LG do mercado de smartphones. De uma forma bem inusitada, todos nós vamos sair perdendo com essa decisão. Mais cedo ou mais tarde, o meu e o seu bolso vão sentir as consequências dessa morte.

Descanse em paz, LG. E obrigado pelos peixes.

 

 

Via Nikkei


Compartilhe