TargetHD.net | Notícias, Dicas e Reviews de Tecnologia Por que você NÃO deve comprar jogos logo após o lançamento | TargetHD.net Press "Enter" to skip to content
Wetten.com Brasil Apostas
Você está em | Home | Dicas, Truques e Macetes | Por que você NÃO deve comprar jogos logo após o lançamento

Por que você NÃO deve comprar jogos logo após o lançamento

Compartilhe

Ser um early adopter é uma aposta de risco. Para qualquer coisa.

Comprar um produto de tecnologia logo no lançamento só para dizer que você é o fodão que usa antes de todo mundo pode cobrar um preço elevado que, sinceramente, não sei se vale a pena pagar. No caso dos videogames, esse problema tem suas peculiaridades.

O mínimo que podemos desejar é que o jogo chegue em sua estreia em condições técnicas razoáveis, já que foram anos de desenvolvimento. Porém, temos casos emblemáticos de títulos que chegaram lotados de problemas e, em alguns casos, inacabados.

Vamos mostrar neste post alguns dos motivos para não comprar jogos de videogames logo após o seu lançamento… isso é, se Cyberpunk 2077 e Battlefield 2042 não são motivos fortes suficientes para você.

 

 

 

Jogos digitais contam com fornecimento ilimitado

Reservar um jogo nos dias de hoje não faz qualquer sentido, pois jogos ilimitados contam com fornecimento ilimitado. Isso só fazia sentido quando o formato físico era o dominante e você queria garantir que ia jogar o game tão logo ele fosse lançado.

 

 

 

Os preços tendem a cair rapidamente

Os jogos de videogames ficaram mais caros com o passar dos anos, mas após o lançamento, vários aspectos dos custos de produção são cobertos justamente pelas vendas iniciais (desenvolvimento, distribuição, marketing, etc).

Logo, os preços dos lançamentos tendem a cair, inclusive com promoções de descontos generosos. Se você tiver paciência e esperar, vai pagar menos.

 

 

 

Jogos na versão 1.0: mais caros por produtos com pior qualidade

Fato: vários jogos que foram lançados nos últimos anos chegaram ao mercado lotado de bugs e falhas. Em alguns casos, foram lançados simplesmente inacabados ou não lapidados. E não é correto pagar a mais por isso.

Ou seja, se você esperar algumas semanas ou meses, pode comprar o mesmo jogo por um preço menor e com maior qualidade, o que se reverte em uma relação custo-benefício mais vantajosa.

 

 

 

‘FOMO’ não é um bom motivo para reservar jogos

O ‘FOMO’ é o medo de perder alguma coisa. Essa ansiedade em perder oportunidades somada com a ideia que outras pessoas vão se aproveitar de algo (e você não) pode fazer com que você gaste dinheiro de forma antecipada em um jogo, e isso é algo totalmente desnecessário.

A indústria dos videogames é especialista em gerar entusiasmo e expectativa, e muitas vezes faz isso de forma artificial e com jogos que simplesmente não merecem ter o seu dinheiro antes do lançamento. E cabe a você investir de forma mais racional nos jogos.

 

 

 

Sempre existem ofertas e promoções

Vale a pena reforçar este tópico, pois ele é o mais importante.

A grande maioria dos jogos de videogames entram em promoção em algum momento no mesmo ano do seu lançamento. E os descontos são agressivos em muitos casos. Sem falar nas ofertas pontuais ou semanais.

 

 

 

Conclusão

Razões para não comprar jogos de videogames no seu lançamento não faltam. Muito menos reservá-los sem saber como esses títulos vão chegar ao mercado.

Porém, tal e como acontece em várias situações em nossas vidas, o coração sempre tende a falar mais alto que a razão. E todos nós temos as nossas fraquezas. Ou seja, muitos de nós ainda vamos gastar dinheiro de forma desnecessária em um jogo que pode ser uma grande decepção.

Mesmo assim, este post é válido. Pois pode ajudar aos que desejam evitar o pior e não sabem o que fazer para fazer o coração falar um pouco mais baixo.


Compartilhe