TargetHD.net | Notícias, Dicas e Reviews de Tecnologia Huawei Band 7 vs Xiaomi Band 7 | TargetHD.net Press "Enter" to skip to content
Wetten.com Brasil Apostas
Você está em | Home | Análises e Reviews | Huawei Band 7 vs Xiaomi Band 7

Huawei Band 7 vs Xiaomi Band 7

Compartilhe

A Xiaomi Band 7 tem tudo para ser a rainha das pulseiras esportivas em 2022. Porém, ela não está sozinha na corrida por este trono metafórico: a Huawei Band 7 é muito similar e possui enorme potencial para ser tão competente quanto o modelo mais popular do mercado de smartbands.

Escolher entre uma ou outra pode ser uma missão complicada quando tantas similaridades são encontradas entre os dois modelos. Logo, é importante colocar um olhar mais atento nos dois dispositivos para detectar as principais diferenças que podem determinar a decisão entre os mais indecisos.

Neste artigo, vamos mostrar todas as principais diferenças entre a Huawei Band 7 e a Xiaomi Band 7. Quem sabe exibindo os contrastes podemos facilitar a decisão de quem só consegue enxergar semelhanças entre os dois produtos.

 

Design

Essa é a primeira grande diferença entre os dois produtos, o que acaba facilitando a vida dos mais leigos. É possível identificar um ou outro modelo “de longe” por causa dos formatos dos modelos em destaque neste artigo.

A Huawei Band 7 tem um formato mais retangular e se aproxima bastante de um certo relógio inteligente cuja empresa tem um logo com uma maçã mordida (cof, cof… Apple… cof, cof…). Para quem gosta desse formato de dispositivo e não tem muito dinheiro para investir em um produto da marca que, coincidência ou não, é responsável pelo iPhone, vai escolher essa pulseira inteligente.

Já a Xiaomi Band 7 mantém o seu sinal de identidade e maior personalidade de design, apostando em um formato mais ovalado, herdando a estética dos modelos anteriores. Para quem prefere um gadget mais discreto no pulso, essa é uma escolha natural.

 

Tela

Um aspecto que é derivado do segmento anterior, e aqui podemos encontrar algumas surpresas que podem confundir os mais leigos.

A Xiaomi Band 7 possui uma tela AMOLED de 1.62 polegadas (192 x 490 pixels), com um brilho de 500 nits. E para quem está olhando de longe os dois dispositivos, dá até para pensar que este modelo possui uma tela menor que o seu concorrente.

Ledo engano.

A Huawei Band 7 mantém a AMOLED como material principal no display, porém entrega dimensões de 1.47 polegadas (194 x 368) pixels). De qualquer forma, pense que a tela deste modelo é mais larga, mesmo sendo menor. E isso pode resultar em uma melhor interação do usuário com a interface apresentada na tela do dispositivo.

Por outro lado, o próprio tamanho de tela sugere formas de interação diferentes para cada gadget. E a experiência de uso da Xiaomi Band 7 está incorporada nos usuários que sempre utilizaram esse tipo de dispositivo. Ou seja, o fato de ter uma tela menor pode ser pouco relevante para quem já está mais que acostumado com isso.

Agora, se é a primeira smartband da sua vida, tudo o que eu escrevi nos últimos minutos deve ser analisado por você com uma atenção maior, já que só você vai saber identificar qual é o melhor modelo para os seus hábitos de uso.

 

Recursos disponíveis

A Xiaomi Band 7 possui suporte para o monitoramento do ciclo menstrual das mulheres, o que é algo absurdamente relevante para um enorme grupo de usuárias. Já a Huawei Band 7 tem como diferencial os lembretes para ingestão de água e medicamentos, o que também é relevante para um grande grupo de pessoas que estão mais preocupadas com a saúde.

Além disso, a Xiaomi Band 7 conta com o monitoramento de mais de 110 modos esportivos, com uma análise detalhada dessas atividades. Já a Huawei Band 7 possui suporte para 97 modalidades, ficando um pouco atrás da sua concorrente neste aspecto.

Na conectividade, a Huawei Band 7 pode se conectar ao smartphone via Bluetooth 5, mas também pode ser mais independente por contar com o WiFi integrado. Por outro lado, a ausência de compatibilidade com os apps do Google pode matar a opção da Huawei, deixando a Xiaomi Band 7 um passo à frente de sua concorrente.

 

As similaridades

As duas pulseiras inteligentes contam com resistência à água em 5 ATM e contam com autonomia de bateria de até 14 dias de uso. Os dois modelos também oferecem o suporte ao modo Always On, que exibe informações na tela o tempo todo, além de contar com múltiplas opções de esferas e interfaces, com um número maior de alternativas para o dispositivo da Xiaomi.

Os dois dispositivos wearables chineses contam com suporte para controle do monitoramento cardíaco de forma automática, monitoramento de oxigênio no sangue, envio de alertas ao usuário em caso de anormalidades no registro de dados biométricos, suporte para o monitoramento do sono e controle do estresse com sugestão de exercícios de respiração.

Por fim, os dois dispositivos oferecem notificações de aplicativos e chamadas, localizar o telefone e a compatibilidade com os controles de reprodução musical do smartphone.

 

Huawei Band 7 vs Xiaomi Band 7: qual você deve escolher?

Chega a ser meio óbvio dizer o já tradicional “no final, a escolha é sua”. E essa regra continua a valer, independente de qualquer coisa que eu vou escrever a partir de agora.

Depois de todos os dados analisados, na minha modesta opinião, a Xiaomi Band 7 me agrada mais, justamente por ser um produto com o qual eu já estou acostumado com a proposta geral e os recursos específicos.

Além de contar com um número maior de monitoramento de atividades esportivas, a Xiaomi Band 7 tende a ser mais barata que a Huawei Band 7. E, no final, o fator preço é relevante para muitas pessoas.

Por outro lado, não descarto a possibilidade em um dia testar a Huawei Band 7, e até incentivo que os usuários que estão curiosos em descobrir como é a experiência de uso desse dispositivo. Conhecer outros gadgets é sempre uma experiência satisfatória, e tenho certeza que essa alternativa pode ser muito interessante para um grande grupo de pessoas.

Talvez os interessados pela Huawei Band 7 precisam olhar com maior atenção para a possível incompatibilidade da pulseira com os aplicativos do Google. Por outro lado, é preciso estimar o quanto essa limitação pode afetar na sua experiência de uso individual, e isso certamente vai mudar de pessoa para pessoa.

No final, os dois dispositivos são excelentes, com sinais próprios de identidade, formatos diferentes e propostas singulares. Identificar qual proposta vai agradar mais ao seu caso ou melhor atender as suas necessidades é fundamental para determinar a sua escolha.

E essa foi uma forma diferente para terminar o artigo dizendo o já tradicional “no final, a escolha é sua”.


Compartilhe