Compartilhe

650_1000_applerusia

As decisões do governo russo seguem dando o que falar. Depois de trocar os iPads do governo por tablets da Samsung por ‘razões de segurança’ e pedir para a Apple o código fonte dos seus sistemas operacionais (para comprovar que os mesmos não possuem brechas para a espionagem), o governo local decidiu retirar o iPhone, o iPad e qualquer dispositivo que utiliza o iCloud a partir do dia 01 de janeiro de 2015.

O motivo? Simples: os servidores na nuvem da Apple onde os dados dos usuários são armazenados estão alojados nos Estados Unidos.

Desse modo, a Rússia decidiu ‘cortar o mal pela raiz’, atacando diretamente o iCloud. Os cidadãos russos que já contam com um dispositivo da Apple com acesso ao serviço, ou que estão pensando em comprar um tablet ou smartphone da empresa, a partir do próximo dia 01 de janeiro não poderão usar o iCloud. Ainda não está claro qual será a medida que vai impedir o acesso ao serviço, mas é fato que eles vão fazer alguma coisa.

Quem sabe se a Apple instalar um grande servidor na Rússia esse bloqueio pode ser adiado ou suspenso. Mas parece pouco provável que a empresa de Cupertino adote tal opção. Vamos ver no final das contas o que acontece.

Via GSM Dome


Compartilhe