Este é o melhor momento para ter um cartão de crédito no Brasil

Compartilhe

Com tudo o que aconteceu nas nossas vidas em 2020, várias mudanças de comportamento apareceram, seja de forma natural ou seja pela obrigação da situação. De forma voluntária ou obrigatória, os nossos hábitos mudaram. E um dos hábitos que mais sentiu o impacto das mudanças foi a nossa relação com o dinheiro.

Eu não tenho mais dinheiro físico. Hoje, todo o meu dinheiro é digital. Tenho várias contas em bancos digitais pela necessidade de organizar a minha vida financeira, pagar as contas dos servidores do blog e, obviamente realizar compras internacionais.

E com o advento do PIX, mudanças ainda mais profundas virão para todos. Transações financeiras mais rápidas e ágeis, maior praticidade para o grande público e sem cobrança de tarifas. Dá para dizer que, se nada mudar, transações por TED e DOC estão com os dias contados.

E com tantas mudanças, a nossa relação com o cartão de crédito também mudou. Aliás, melhorou. Temos uma oferta maior e mais versátil de cartões, e hoje praticamente qualquer pessoa pode ter acesso a uma boa alternativa dentro desse segmento.

 

 

 

Cartões físicos e digitais

 

 

O mundo de hoje é muito mais digital. Fato. Logo, ter um cartão de crédito físico na carteira não é o suficiente. Se temos contas digitais com carteiras de crédito digitais, os cartões virtuais se tornaram o complemento perfeito ao formato tradicional de crédito.

Hoje, compramos muito mais pela internet. O brasileiro superou a desconfiança em relação ao comércio eletrônico, e passou a se beneficiar dos cartões virtuais para realizar as suas compras em e-commerces nacionais e internacionais. E o principal argumento para isso está na camada de segurança que esse formato oferece.

Com os cartões virtuais, você pode receber códigos de segurança individualizados para cada compra realizada, reduzindo as chances de fraudes e golpes. Dessa forma, estamos mais protegidos na hora de realizar as compras no comércio eletrônico.

Por outro lado, os e-commerces se movimentaram em tempo recorde para melhorar a experiência de compra online, não apenas na usabilidade dos sites, mas na segurança da transação eletrônica.

E isso foi fundamental para o boom de compras pela internet que o Brasil testemunhou em 2020.

 

 

 

Cartões de crédito para todos os gostos

 

 

Se você ainda não sabe qual é o cartão de crédito mais recomendado para o seu perfil de uso, eu tenho uma dica muito boa: o site Plusdin publicou recentemente um post que apresenta qual é o melhor cartão de crédito para perfis segmentados, apresentando os itens por diferentes categorias e cenários de consumidor.

Dessa forma, fica mais fácil para o leitor identificar qual é o melhor cartão de crédito para as suas condições financeiras e necessidades. O que é algo muito bem vindo em um momento onde sobram ofertas de cartões com diferentes características e perfis.

O mercado de cartões de crédito está mais do que aquecido, muito por causa da necessidade em fazer o crédito girar para uma recuperação econômica geral mais eficiente. E isso fez com que empresas diretamente ligadas ao mercado financeiro se tornassem mais flexíveis na oferta de cartões de crédito.

E até mesmo aquelas empresas que aparentemente não contam com qualquer tipo de afinidade com bancos e financeiras acabassem entrando na brincadeira. Quem poderia prever que operadora de telefonia móvel e fabricante de smartphones fosse oferecer cartões de crédito com diferenciais específicos para os seus usuários?

De qualquer forma, este é o melhor momento para ter um cartão de crédito no Brasil. Algumas opções não cobram anuidade e até mesmo isentam de juros em caso de atraso no pagamento de boleto, uma vez que você pode ser credor de você mesmo.

Basta você pesquisar na web, e você com certeza vai encontrar uma boa alternativa para o seu perfil de consumo.


Compartilhe