TargetHD.net | Notícias, Dicas e Reviews de Tecnologia Entendendo as realidades aumentada, virtual e mista Press "Enter" to skip to content
Wetten.com Brasil Apostas
Você está em | Home | Tecnologia | Entendendo as realidades aumentada, virtual e mista

Entendendo as realidades aumentada, virtual e mista

Compartilhe

O cenário tecnológico mudou bastante nos últimos anos, principalmente quando olhamos para os eletrônicos de consumo. Entre os novos conceitos apresentados, o que mais chama a atenção é o tal metaverso que Mark Zuckerberg pensa para o Facebook.

Já falamos sobre o metaverso aqui no blog, e o mais bizarro de tudo isso é que nem mesmo o próprio Zuckerberg sabe direito se a sua iniciativa será acessada via realidade virtual ou realidade aumentada. Na verdade, se ele combinar as duas, o sistema funciona através de realidade mista ou realidade estendida, dependendo dos recursos que serão adicionados.

Ficou ainda mais confuso?

Calma. Vamos explicar cada um desses conceitos neste post.

 

 

 

O que é realidade virtual?

 

 

A realidade virtual (ou VR) é um sistema que coloca o usuário em um mundo virtual com imersão total.

Várias tecnologias são utilizadas para que essa tecnologia funcione, como os óculos de realidade virtual que conta com vários sensores, um sistema de áudio com cancelamento de ruído, e controle total de áudio e vídeo a partir de um único dispositivo.

Os segmentos dos videogames e do entretenimento são os que mais se beneficiam da realidade virtual neste momento, uma vez que ambos entregam uma experiência inclusiva e de completa imersão.

Nem todos os sistemas de realidade virtual funcionam da mesma forma. Existem pelo menos dois formatos dessa tecnologia:

Realidade virtual passiva: coloca o usuário em um mundo virtual, mas não permite a interação com esse mundo.

Realidade virtual interativa: coloca o usuário em uma realidade paralela, permitindo o controle dos objetos que vão se mover dentro do espaço virtual disponível.

 

 

 

O que é realidade aumentada?

 

 

A realidade aumentada (AR) é uma tecnologia que entrega as informações para o usuário através de elementos digitais projetados sobre o mundo real.

A tecnologia aproveita o mundo real para oferecer informações e dados no contexto do que está acontecendo naquele momento. Aqui, você não precisa de um dispositivo específico para usar essas funcionalidades. Basta ter um smartphone capaz de rodar aplicativos de AR.

O melhor exemplo de uso da realidade aumentada que eu posso dar é o do jogo Pokémon Go, que usa a câmera e o GPS do smartphone para sobrepor informações ao mundo real. A IKEA também usa a AR para adicionar móveis de forma virtual em espaços vazios.

Sem falar no Google Lens e no próprio buscador do Google, que possuem recursos específicos para esse tipo de interação.

 

 

 

O que é a realidade mista?

 

 

A realidade mista ou realidade híbrida (MR) é uma fusão das duas tecnologias já mencionadas neste artigo. Ela introduz objetos virtuais dentro de um entorno real, coexistindo com elementos que já se encontram no espaço físico.

Assim, o usuário pode interagir com elementos reais e virtuais de forma indistinta, e novas imagens adicionadas na cena também podem interagir com o entorno. É basicamente a fusão do mundo real e do virtual.

Aqui, também são necessários óculos, capacetes e fones de ouvido especiais para tudo funcionar.

 

 

 

O que é realidade estendida?

A realidade estendida (XR) é um conceito novo, e passa por algumas das tecnologias mencionadas neste post, combinando todas elas em todos os ambientes (real e virtual), onde tudo é controlado pelas interações do usuário.

Provavelmente todos os termos mencionados no futuro serão substituídos por realidade estendida. Até lá, cada tecnologia fica separada, e cumpre com o seu papel dentro das diferentes propostas. Todas elas estão em constante evolução, mas neste momento a mais aceita é a realidade aumentada, por conta do baixo investimento.


Compartilhe