Wetten.com Brasil Apostas
Home » Desktop PC » Dicas para dar uma segunda vida ao PC sem gastar muito

Dicas para dar uma segunda vida ao PC sem gastar muito

Compartilhe

Dar uma segunda vida para o seu PC se tornou muito mais simples do que era em um passado não muito distante. Tudo bem, as peças estão mais caras neste momento por um momento de escassez de componentes, mas existem componentes que podem ser adquiridos por qualquer usuário, onde o único limitador é, basicamente, o orçamento que você possui.

Neste post, vamos apresentar cinco pontos que são considerados essenciais para quem quer modificar ou atualizar o seu computador e não quer arrebentar a fatura do cartão de crédito na tentativa. Eu sei o que é ter pouco dinheiro para melhorar o computador para as suas atividades, e por causa disso acredito que consigo ajudar.

 

 

 

Pense no orçamento que você possui

Esse é o principal ponto de partida para obter sucesso na hora de atualizar o seu velho PC.

Se você não tem muito dinheiro para investir nas melhorias, procure então escolher aquilo que é considerado essencial para melhorar o desempenho do computador. Agora, se o dinheiro não é problema para você… saiba no que quer investir para obter resultados ainda melhores, pois não adianta nada você ter dinheiro e não saber como gastar essa grana direito.

 

 

 

Planeje de forma clara as suas necessidades

Saber exatamente o que quer comprar pode evitar que você jogue dinheiro fora.

Verifique quais são os itens mais importantes que precisam ser substituídos no seu PC, considerando o orçamento que você tem. Se um item é mais importante que o outro e a sua grana é curta, invista o seu dinheiro nesse item. E deixe tudo o que pode ser secundário para o final da lista de prioridades.

LED é legal, mas não vai fazer você rodar melhor aquele game pesado.

 

 

 

Compreenda o seu ponto de partida

Milagres não existem, e não dá para salvar um computador que é antigo demais.

Muitos PCs conseguem durar até uma década funcionando de forma razoável com os upgrades de hardware. Porém, não é muito difícil detectar um computador que está perto da hora da morte. Na maioria dos casos, basta ter um pouco de bom senso para perceber isso.

Se o seu computador tem muitos anos de vida e você já fez algumas atualizações pontuais, chegou a hora de aposentá-lo. Muito provavelmente o upgrade que você vai fazer pode resultar em dinheiro jogado fora.

 

 

 

Priorize o mercado de segunda mão, e sem pressa

O mercado de segunda mão ou de usados pode ser a salvação da lavoura para quem quer recuperar um PC antigo.

Você pode obter peças mais baratas e de boa qualidade para fazer com que o seu computador funcione bem por mais alguns anos. O grande segredo aqui é pesquisar bastante pelos itens disponíveis no mercado de segunda mão, analisando as configurações e os possíveis benefícios que aquele item pode oferecer.

 

 

 

Não procure pelo impossível

Não dá para transformar aquele seu PC de 2011 em um equipamento poderoso o suficiente para editar um filme da Pixar.

No processo de escolha dos componentes que vão atualizar o seu computador, pense naqueles itens que vão entregar essa melhora de desempenho, mas sem resultar em um gargalo tecnológico. Não adianta instalar uma placa de vídeo mais potente do que aquilo que o processador pode aguentar, ou memórias mais lentas para trabalhar com determinados conteúdos.

Procure ter o bom senso em equilibrar as especificações técnicas do computador, para que o upgrade não se torne um problema também neste aspecto.


Compartilhe