TargetHD.net | Notícias, Dicas e Reviews de Tecnologia Como economizar bateria no seu smartphone Android com medidas muito simples | TargetHD.net Press "Enter" to skip to content
Wetten.com Brasil Apostas
Você está em | Home | Dicas, Truques e Macetes | Como economizar bateria no seu smartphone Android com medidas muito simples

Como economizar bateria no seu smartphone Android com medidas muito simples

Compartilhe

Se existe uma coisa que qualquer usuário de smartphone deseja, independente do fato do dispositivo ser gerenciado pelo sistema operacional Android ou pelo iOS, é obter uma maior autonomia de bateria.

Nenhum ser humano vivo que conta com um telefone móvel quer ficar sem bateria no seu telefone no final do dia. Para muitas pessoas, isso é o mesmo que ficar sem cérebro ou mudo, pois os dados mais importantes estão armazenados no dispositivo que é o principal meio de comunicação do indivíduo.

Hoje, vamos mostrar maneiras simples que podem resultar em uma maior autonomia de bateria nos smartphones Android em 2022. Seremos específicos no sistema operacional do Google porque os usuários do iPhone merecem receber dicas específicas para alcançar o mesmo objetivo.

Além de implorar para a Apple oferecer baterias maiores para as futuras gerações do iPhone, obviamente.

 

É preciso entender onde está o problema

Quando comparamos qualquer smartphone do mercado com vários celulares da Nokia, fica fácil entender por que muitos usuários estão insatisfeitos com a autonomia de bateria dos dispositivos atuais.

Tudo bem, eu sei que o sentimento de nostalgia é algo negativo e contrastante com a visão de futuro que o mundo da tecnologia normalmente oferece. Mas neste caso, temos que reconhecer que “naquele tempo que era bom”, pois os melhores e mais icônicos celulares da Nokia contavam com uma autonomia de bateria que poderia chegar a até 10 dias de uso sem pensar em um carregador.

Por outro lado, qualquer pessoa que olha para as características técnicas dos celulares do passado vai entender os motivos que faziam os telefones daquela época funcionarem por tanto tempo com uma única carga. E tudo pode se resumir na frase “os smartphones são muito mais inteligentes”.

Celulares básicos contavam com telas muito menores e não estavam conectados na internet o tempo todo como estão os smartphones de hoje. Logo, as baterias eram muito menos exigidas, permitindo assim que os dispositivos entregassem vários dias de uso sem maiores problemas.

E essa regra perdura até hoje. Se você comprar um celular mais básico, vai perceber que a sua autonomia é muito maior que a de um iPhone ou a de um Samsung Galaxy S22 Ultra. Nem mesmo os tão glorificados smartphones da Xiaomi contam com uma autonomia tão elevada quanto a de um celular convencional.

E agora que entendemos onde estão as diferenças entre o passado e o presente, chegou a hora de trabalhar com essas informações a seu favor para melhorar a autonomia dos smartphones atuais.

 

A tela é um elemento chave

A tela é o recurso de hardware que mais consome bateria em qualquer smartphone. Se você não acredita em mim, basta acessar Ajustes > Bateria, e verificar na lista de elementos que estão consumindo energia do seu dispositivo.

O normal é ver a Tela no topo da lista geral de itens que mais consomem energia em um smartphone. Não confundir esse item com o aplicativo que mais recursos consome no dispositivo, pois neste caso o culpado muito provavelmente será o WhatsApp.

Dito isso, uma das formas mais eficientes para reduzir o consumo de bateria do smartphone a partir do funcionamento da tela é desativando o brilho automático e deixando esse ajuste no mínimo, de modo manual. Porém, isso pode resultar em uma tela que vai ficar muito escura em determinadas situações, afetando de forma decisiva a sua experiência de uso.

Outra alternativa é reduzir a taxa de atualização da tela para aqueles usuários que estão dispostos a abrir mão da fluidez do sistema operacional em nome de uma maior autonomia de bateria. Essa dica é altamente recomendada para aqueles que não usam o telefone para os games de forma prioritária.

Faça o seguinte:

  1. Entre nos Ajustes do smartphone Android.
  2. Entre no item Tela.
  3. Aqui, procure pelo item correspondente à Taxa de Atualização.
  4. Desative esse recurso ou reduza até os 60 Hz.

Ao realizar esse ajuste, você abre mão de obter uma extrema suavidade ao utilizar o sistema operacional, as redes sociais ou outros aplicativos e menus, mas a diferença não será algo abismal ou perceptível para os usuários menos exigentes. Em troca, a sua autonomia de bateria tende a aumentar, pois o hardware e o software vão exigir menos energia para realizar essas tarefas.

Antes de seguir para o próximo tópico, é sempre importante reforçar a dica do uso do tema escuro, algo que também pode ser ativado em Ajustes > Tela (ou Tema, em algumas versões customizadas do Android).

Neste caso, o tema escuro sempre será muito eficiente para economizar bateria nos smartphones Android que contam com uma tela AMOLED. E agora que até mesmo os telefones de linha média e alguns modelos de entrada selecionados contam com esse material na tela, ativar essa funcionalidade é algo obrigatório para quem quer garantir que o dispositivo vai funcionar até o fim do dia de uso sem depender do carregador.

 

Assuma o controle do WiFi

A maioria dos usuários de smartphones que eu conheço (eu, inclusive) tende a deixar o WiFi do dispositivo ligado o tempo todo, para que a conexão com uma rede já cadastrada seja feita de forma automática quando você chegar em algum local ou destino.

Isso acontece porque (e aqui eu serei bem sincero) a maioria de nós somos preguiçosos e queremos a praticidade em não ter o trabalho de realizar essa conexão de forma manual e apenas quando necessário.

Deixar o WiFi sempre ligado não tem nada de errado. O grande problema é deixar o dispositivo procurando o tempo todo por redes disponíveis, e é isso o que pode fazer com que a bateria do seu smartphone dure menos que o desejado.

Existe uma forma de deixar o seu smartphone programado para NÃO FICAR PROCURANDO por redes disponíveis de forma constante, principalmente em locais onde uma rede WiFi é algo simplesmente impossível, como em um bosque ou no meio da estrada.

Faça o seguinte:

  1. Acesse os Ajustes do telefone.
  2. Toque em Localização.
  3. Entre em Serviços de Localização ou em Mais Opções em outros telefones.
  4. Desative as buscas de redes WiFi.

Dessa forma, você consegue decidir quando o smartphone vai ficar procurando uma conexão WiFi, a partir botão de liga/desliga no painel de atalhos rápidos. Ou seja, você não apenas pode economizar bateria desativando a rede sem fio, mas se precisar manter ela ativa, essa economia vai acontecer porque o telefone não vai ficar procurando por redes desconhecidas a cada poucos minutos.

 

O quanto consigo economizar de bateria?

Eu sei que depois de tudo o que eu escrevi neste artigo, você está se perguntando: “afinal, depois de mexer em tantas configurações no meu smartphone, o quanto de autonomia a mais de uso eu vou conseguir?”.

Antes de continuar, eu quero deixar bem claro que o que eu prometi no título do post foi AUMENTAR A AUTONOMIA DE BATERIA, e não REALIZAR UM MILAGRE NA TERRA. São coisas muito diferentes.

Entendo que tudo o que foi apresentado no artigo pode salvar a vida de qualquer usuário que precisa de um gás a mais no final de um dia de uso mais intenso, o que é sempre algo positivo para qualquer usuário de smartphone. Se você quer milagres, é outro departamento.

Logo, eu entreguei o que prometi.

Dito isso, é possível obter até 30 minutos a mais de uso com essas pequenas mudanças no seu smartphone. Pode não parecer muito, mas também pode ser a garantia que o dispositivo vai chegar vivo até a sua casa, depois de um longo dia de trabalho.

Os resultados podem variar de acordo com o tempo de uso do dispositivo e da saúde de bateria, de modo que vale a pena também investigar como estão esses parâmetros no seu dispositivo.

De qualquer forma, para a grande maioria dos usuários, esses 30 minutos podem representar a diferença entre perder tempo e saúde mental procurando por uma tomada ou porta USB e a tranquilidade em só precisar recarregar a bateria do smartphone quando chegar em casa à noite…

…que é quando você pode tomar um banho, comer uma janta quentinha e assistir a sua série preferida na Netflix.


Compartilhe