TargetHD.net | Notícias, Dicas e Reviews de Tecnologia Como é o Mastodon, o refúgio do Twitter | TargetHD.net Press "Enter" to skip to content
Wetten.com Brasil Apostas
Você está em | Home | Internet | Como é o Mastodon, o refúgio do Twitter

Como é o Mastodon, o refúgio do Twitter

Compartilhe

O Mastodon aparece como a principal alternativa dos usuários que planejam fugir do Twitter concebido por Elon Musk. Muitos entendem que a rede social do passarinho azul só vai piorar daqui para frente, e vai perder o seu status de rede social mais influente do planeta.

Musk tenta recuperar o Twitter a todo custo. Pediu um empréstimo de US$ 13 bilhões, demitiu metade dos funcionários para conter a sangria de perdas financeiras diárias e promete cobrar de tudo e todos que querem ser usuários premium dentro da plataforma.

Muitos não estão satisfeitos com isso, e estão saindo do Twitter para encontrar no Mastodon um novo lar. E essa pode ser a sua futura alternativa de rede social. Logo, vale a pena saber mais sobre ela a partir de agora.

 

O que é o Mastodon

O Mastodon é, essencialmente, um clone do Twitter, oferecendo as mesmas funções de microblogging e rede social, com menções de contas, publicação de conteúdo que apenas os seguidores podem ler e outros recursos similares.

Apesar das aparentes semelhanças com o Twitter, o seu funcionamento é radicalmente diferente. O Mastodon é uma rede social descentralizada, onde as comunidades contam com uma liberdade muito maior para construir a sua própria rede, com meios de moderação própria.

Com ele, os servidores podem coexistir em um entorno unificado, onde um usuário pode seguir e ver o conteúdo de outras comunidades distribuídas em diferentes servidores.

 

Como o Mastodon funciona?

O Mastodon é uma plataforma de código aberto e acesso gratuito, disponível para aplicativos móveis, desktop (via navegador web), dispositivos móveis e em qualquer outra plataforma que implemente o recurso ActiviyPub. Com uma conta no serviço, você pode acessar o feediverso, um universo de aplicações sociais dentro da plataforma.

Qualquer um pode iniciar o seu próprio servidor. Basta ter os conhecimentos técnicos para isso. E as possibilidades vão muito além daquelas que estão disponíveis no Twitter, com as contas criadas em um servidor, mas com a possibilidade de mudança de servidor.

Os usuários podem ver os conteúdos e as interações de usuários que estão em um servidor diferente, já que o Mastodon é uma plataforma onde efetivamente todos podem participar e interagir uns com os outros. Os temas de servidores são os mais diversos, mas nem todos os canais são abertos ao público, pois alguns conteúdos podem ser limitados pelos responsáveis pelos canais.

A maioria das comunidades que estão no Twitter também estão no Mastodon, que hoje cresce em um grande ritmo por aproveitar a migração dos usuários que estão chegando da rede social de Elon Musk.

 

As vantagens do Mastodon

A principal vantagem do Mastodon é o seu caráter descentralizado e a flexibilidade para o usuário. Com milhares de servidores que ainda estão por chegar, qualquer usuário terá a chance de encontrar um grupo de discussão, onde é possível conversar com as comunidades que você deseja, sem precisar participar de todo o barulho da discussão aberta.

Outra vantagem da plataforma é que a sua natureza de código aberto e o direito de pesquisa e desenvolvimento do código fazem com que o seu aplicativo esteja disponível em todas as principais plataformas informáticas, incluindo o Android e iOS, tanto em versões gratuita como paga.

E todo o controle de conteúdo e moderação é feito pelas próprias comunidades, e não pela empresa, que promete jamais publicar anúncios de publicidade ou anunciar perfis nas telas dos seus usuários, além de manter os dados totalmente restritos aos seus proprietários de conta.

 

Alguns pontos menos positivos

Nem tudo é perfeito no Mastodon.

A mesma natureza descentralizada da rede social permite que alguns dos seus servidores sejam extremamente tóxicos, com comentários ou conteúdos racistas, sexistas, de ódio e negativos. Algo que não é permitido em uma plataforma como o Twitter, o Instagram e o Facebook.

A boa notícia é que fica muito mais fácil evitar esse tipo de discurso: basta não participar desse tipo de comunidades.

Outro ponto importante é que o Mastodon pode ser um pouco irritante neste momento, seja porque os servidores ainda precisam receber a carga máxima de pessoas, seja porque não deve ter muitas pessoas conhecidas na rede social para conversar.

Por fim, o Mastodon é criticado por se esforçar demais em clonar o Twitter, deixando de lado os seus verdadeiros diferenciais e vantagens, o que pode deixar a grande massa de usuários um pouco decepcionada.

 

Como começar com o Mastodon

Na prática, não existe um único local para realizar o registro de sua conta no Mastodon. Antes de qualquer coisa, você precisa encontrar um servidor que chame a sua atenção e só agora criar uma conta de usuário neste servidor.

O servidor mais popular neste momento é o mastodon.social, mas existem muitos outros que você pode escolher a partir do seu site oficial. Quando você encontrar um servidor de sua preferência, basta criar a sua conta com o nome de usuário e senha para entrar naquela comunidade.

Você pode usar um navegador web como um aplicativo web progressivo com notificações push, ou através de aplicativos para dispositivos móveis (Android, iOS, SailfishOS).

 

Outras alternativas

É difícil replicar o sucesso do Twitter e o Mastodon pode não agradar a todos. Neste caso, ainda existem outras plataformas que estão em evidência neste momento, como o Reddit, CounterSocial e até mesmo o Discord.

O mais importante neste momento é tentar avaliar como o Twitter está se conduzindo com tantas mudanças e decidir se vale a pena deixar a rede social de vez e até mesmo procurar outras opções que estão disponíveis na internet. O que não pode é sofrer com um coletivo que tendem a ser tóxicas e problemáticas a médio e longo prazos.


Compartilhe