O que é Mastodon, e por que ela está tão popular no Twitter? | TargetHD.net
TargetHD.net | Notícias, Dicas e Reviews de Tecnologia O que é Mastodon, e por que ela está tão popular no Twitter? | TargetHD.net Press "Enter" to skip to content
Wetten.com Brasil Apostas
Você está em | Home | Internet | O que é Mastodon, e por que ela está tão popular no Twitter?

O que é Mastodon, e por que ela está tão popular no Twitter?

Compartilhe

Ontem, 29 de dezembro de 2019, a palavra Mastodon ficou em evidência nos trending topics no Twitter, e o motivo para isso acontecer foi justamente a nova política de bloqueio em massa de contas na rede social do passarinho azul.

Vários usuários relataram a queda progressiva no número de seguidores nos últimos dias, e outros denunciaram o desaparecimento de suas contas do nada. Há quem diga que as ações do Twitter são um claro movimento de censura e um ataque à liberdade de expressão.

E é nesse último aspecto que a Mastodon, uma rede social que nem é tão nova assim, ganha o seu protagonismo com a promessa em devolver para os usuários as origens do Twitter. Em países como o Japão, ela já é uma febre, e não duvido que ela pode se popularizar no Brasil com o passar do tempo.

 

 

O que é e como funciona a Mastodon?

Olhando de longe, a Mastodon parece o Twitter. É uma rede social de microblog onde compartilhamos nossos pensamentos com outras pessoas, possui uma lista de trending topics e favoritos. Nela, os tweets se chamam toots (em referência ao barulho que os elefantes realizam com a sua trompa), e usuários indesejáveis podem ser bloqueados.

Porém, na prática, a Mastodon é muito diferente do Twitter em um item muito importante: a descentralização.

A Mastodon é uma “rede das redes”, funcionando em um sistema de código aberto e software livre. O usuário pode criar o seu próprio servidor (ou comunidade, ou instância), e tudo o que ele escreve nessa comunidade só será lido por seus membros. No Twitter, todo o seu conteúdo é controlado por um único servidor, que é gerenciado por um algoritmo ou pela ação humana, permitindo assim a eliminação das contas consideradas “não adequadas”.

Cada instância ou comunidade tem as suas próprias regras criadas pelo seu dono, mas as normas são globais para todos os servidores do Mastodon, proibindo a todos a publicação de mensagens racistas, sexistas, xenofóbicas, a pornografia infantil e a publicidade em excesso.

Ou seja, não vale tudo no Mastodon.

 

 

Como criar uma conta no Mastodon?

Se você chegou até aqui e se interessou por tudo o que leu sobre esta rede social, chegou a hora de criar uma conta na plataforma. E o processo é bem simples.

Clique nesse link e, no final da página, você tem a lista de servidores disponíveis. Entre naquela que for do seu agrado. Em cada um dos servidores há uma descrição do mesmo. Acima dessa lista, você pode configurar o idioma para seguir comunidades que falam o português (são quase inexistentes nesse momento), assim como os seus temas.

Sobre a interface da conta, ela é bem simples. Do lado direito, você pode consultar notificações, toots de pessoas que integram a sua comunidade mas você não segue, e toods de usuários de outros servidores com postagens públicas.

 

 

Vale a pena usar o Mastodon?

Se você quer se sentir um pouco mais livre do que é no Twitter, não quer se preocupar com o bloqueio ou remoção de sua conta e quer escrever sobre o que quiser (desde que você não ultrapasse a linha vermelha previamente estabelecida pela plataforma), o Mastodon pode valer a pena. Faça o teste. Quem sabe você não fica nessa rede social de vez.

 

Via Mastodon


Compartilhe