TargetHD.net | Notícias, Dicas e Reviews de Tecnologia Como criar o seu Apple Music Replay 2023 | TargetHD.net Press "Enter" to skip to content
Você está em | Home | Dicas, Truques e Macetes | Como criar o seu Apple Music Replay 2023

Como criar o seu Apple Music Replay 2023

Compartilhe

Você sabe que é final de ano quando as listas de melhores aparecem de todos os lugares. Agora, é a vez da Apple apresentar a sua retrospectiva, revelando os melhores dos últimos 12 meses através dos hábitos dos seus usuários.

Neste artigo, você aprende como pode acessar o Replay 2023 do Apple Music para revisitar o ano musical. Embora ele não seja tão completo quanto o Spotify Wrapped, o Apple Music Replay oferece estatísticas interessantes.

O que realmente importa neste caso é que cada usuário possa viver a experiência de revisar o seu ano na música e, com alguma sorte, aprender um pouco mais sobre si, a partir das estatísticas coletadas pela plataforma da Apple.

 

Como criar o seu Apple Music Replay

Logo de cara, eu afirmo que existe um contraste entre Apple Music e Spotify. Se a plataforma líder do mercado de streaming de música oferece o seu resumo de forma simples e acessível para qualquer pessoa, a solução da gigante de Cupertino é um pouco mais intrincada e, por que não dizer, chata de usar.

Até existe um acesso direto ao site do Apple Music Replay, mas a Apple encontrou uma maneira para fazer todo mundo passar pelo seu aplicativo antes de entrar nessa página. Você abre o aplicativo do Apple Music, acessar a guia Escutar e, só agora, visualizar o item ‘Replay: Compartilhe o Seu Ano Em Música’, dentro desse segmento.

Só então você é redirecionado à página web da Apple (ao tocar no novo item dentro da guia Escutar no aplicativo), onde os usuários podem visualizar suas estatísticas musicais personalizadas. E mesmo assim, você ainda precisa inserir os seus dados de nome de usuário e senha para ver as informações.

 

O que você vai encontrar no Apple Music Replay

Dentro da página do Apple Music Replay, você vai encontrar duas opções:

  • reproduzir um reel de destaques do ano;
  • ou rolar para ver estatísticas detalhadas.

O reel de destaques é semelhante aos Stories do Instagram, destacando momentos musicais significativos.

Já as estatísticas é algo autoexplicativo, pois inclui os artistas mais ouvidos, músicas, álbuns e gêneros reproduzidos com frequência.

Existe também a área de Conquistas Musicais, que mostram os minutos ouvindo aquele artista, os 1.000 artistas conhecidos ou um número específico de músicas que você ouviu ao longo do ano. Ter esses números é algo útil para que cada usuário se conheça melhor dentro do consumo musical, mas o mais interessante dessas informações é obter uma lista personalizada, respeitando os seus gostos e preferências.

Você pode encontrar a lista de reprodução dos 100 temas mais ouvidos ao rolar até o final da página do Apple Music. Além de revisitar os artistas que você mais ouviu, pode ter uma playlist nova para escutar nesse final de ano.

 

Conclusão

As listas de final de ano são formas leves e casuais de revisitar alguns dos melhores (ou piores) momentos dos últimos 12 meses, e acredito que os usuários da Apple estão bem servidos com o Apple Music Replay.

Até porque isso é o mínimo que a gigante de Cupertino pode oferecer para um serviço de música que é caro e, ao mesmo tempo, popular. É óbvio que os usuários estão curiosos para descobrir quais são as músicas que eles mais reproduziram ao longo do ano.


Compartilhe