TargetHD.net | Notícias, Dicas e Reviews de Tecnologia Como não perder a sua conta Google por inatividade a partir de hoje | TargetHD.net Press "Enter" to skip to content
Você está em | Home | Internet | Como não perder a sua conta Google por inatividade a partir de hoje

Como não perder a sua conta Google por inatividade a partir de hoje

Compartilhe

O Google iniciou nesta sexta-feira (1) a sua nova política de exclusão de contas inativas com mais de dois anos, e muitos usuários correm o sério risco de perderem as suas contas do Gmail (e as credenciais para outros serviços atrelados à gigante de Mountain View) e nem sabem disso.

Contas inativas por esse período terão seus arquivos e e-mails permanentemente perdidos, e os usuários não terão a oportunidade de recuperar o nome de usuário e dos dados atrelados à conta.

Caso deseje recuperar dados, isso ainda é possível. Mas é preciso agir rapidamente para evitar a exclusão definitiva. E neste artigo, eu conto o que você precisa fazer para evitar o pior.

 

Basta acessar os serviços do Google

Para evitar a exclusão de sua conta do Gmail, o procedimento é relativamente simples: basta acessar a qualquer serviço do Google, como Google Fotos, YouTube, Gmail ou Drive. Um único acesso em qualquer serviço que a conta está conectada, e você está salvo do desaparecimento de forma permanente dessa conta.

A nova política do Google exige acesso frequente à conta antes de completar 24 meses de inatividade para mantê-la ativa, e não necessariamente o uso constante dessa conta com envio e recebimento de e-mails, ou de tempo de visualização de vídeos no YouTube. Você nem mesmo precisa enviar arquivos para o Google Drive.

De qualquer forma, é mais do que aconselhável que qualquer usuário realize um “resgate” da conta antes do prazo através do procedimento de acesso ao Gmail ou aos outros serviços atrelados, permitindo a recuperação de informações e arquivos importantes.

Para contas pouco utilizadas, é recomendável recuperar apenas as informações cruciais e transferi-las para outra conta ou serviço de armazenamento. Aliás, guardar dados importantes em outros lugares, como a conta principal, serviços de nuvem ou dispositivos de armazenamento externo, é uma precaução sugerida pelos especialistas.

Afinal de contas, você nunca sabe quando vai deixar aquela conta secundária do Gmail que você criou apenas para servir de chave PIX naquela conta utilizada para a vaquinha da cervejada da faculdade inativa, não é mesmo?

 

O Google não vai avisar pela terceira vez

A gigante de Mountain View deixa claro que, a partir de agora, as contas que não seguirem a nova política serão automaticamente excluídas após o período estipulado. E a única maneira de evitar isso é mesmo utilizando pelo menos uma vez a cada dois anos qualquer um dos serviços dos serviços Google relacionados com essa conta, evitando dessa forma longos períodos de inatividade.

O Google está alertando PELA SEGUNDA VEZ sobre a exclusão iminente das contas, principalmente para as credenciais que nunca utilizadas, que são as primeiras a serem afetadas.

Contas que foram criadas em algum momento no passado mas nunca usadas podem ainda ser passíveis de recuperação, conforme indicado pelo Google. Mas considerando que estamos em 1º de dezembro, a urgência é ressaltada, e a ação imediata é necessária para salvar ou verificar contas inativas.

Os usuários ainda contam com a opção de excluir suas próprias contas inativas, caso optem por não aguardar a exclusão automática. Essa medida é recomendada para evitar que a senha dessa conta acabe vazando pela internet, o que pode gerar problemas ainda maiores para o usuário.

De qualquer forma, o usuário ainda está com o poder de escolha: ou age proativamente e exclui a conta, ou permite a exclusão automática, ou salva a conta antes que o Google providencie o seu desaparecimento.

Você jamais pode dizer que não foi avisado sobre o assunto e as consequências envolvidas em cada alternativa.


Compartilhe