Press "Enter" to skip to content
Você está em | Home | Smartphones | ASUS Zenfone 9 é a prova cabal que é possível ter um smartphone Android pequeno, poderoso e com ótimas câmeras (é só querer)

ASUS Zenfone 9 é a prova cabal que é possível ter um smartphone Android pequeno, poderoso e com ótimas câmeras (é só querer)

Compartilhe

É redundante o que vou dizer no começo deste post, pois qualquer pessoa que vê o ASUS Zenfone 9 consegue concluir isso: ele é a prova cabal que é sim possível ter um smartphone pequeno e poderoso (e os fabricantes não fazem isso basicamente porque não querem).

Não dá para passar desapercebido pelo ASUS Zenfone 9. Aliás, é difícil ser indiferente a qualquer lançamento da marca no segmento de smartphones.

A marca sempre procura mostrar um pouco de personalidade e tendência ao lançar um novo telefone, e neste caso não foi diferente. E não é nenhum absurdo pensar que parte da concorrência vai olhar para o Zenfone 9 e pensar: “olha só… temos boas ideias aqui…”.

Vamos então apresentar neste post as principais características que podem convencer o consumidor a investir o seu dinheiro no ASUS Zenfone 9…

…mesmo que a ASUS sequer tenha se dado ao trabalho de me avisar que o evento de lançamento do produto era hoje. #fail.

 

 

 

Pequeno e potente: um campo a ser explorado

O ASUS Zenfone 9 repete a fórmula que funcionou muito bem com o Zenfone 8: ir na contramão de todo o mercado e apresentar um smartphone pequeno e potente, já que existe um grande campo consumidor que não é atendido pelas demais marcas.

Uma coisa é certa: pelo visto, smartphone pequeno só não funciona para a Apple mesmo, já que o iPhone 13 Mini se tornou um grande esquecido no churrasco.

Ao que tudo indica, a banda está tocando de forma bem diferente para os lados dos smartphones Android. Tanto, que a ASUS segue nessa proposta de lançar dispositivos com telas abaixo das 6 polegadas e com potência para qualquer tipo de tarefa.

Além do tamanho de tela, o carro-chefe do ASUS Zenfone 9 é a presença do seu processador Snapdragon 8+ Gen 1, o chip top de linha premium da Qualcomm que vai trabalhar com até 16 GB de RAM LPDDR5 e 256 GB de armazenamento UFS 3.1.

Ou seja, é a melhor configuração possível para obter o máximo de desempenho para qualquer tarefa.

Qualquer pessoa quer isso hoje em um smartphone. E um grupo considerável de usuários deseja essas especificações em um telefone que não pareça uma prancha de surf no bolso.

 

 

 

Um design contido e arriscado

A ASUS coloca o seu sinal de identidade na parte traseira do Zenfone 9, que consegue ser sóbria e chamativa ao mesmo tempo (como se isso fosse possível).

Além das carcaças traseiras com acabamento fosco e cores bem definidas (nada de degradê aqui), o ASUS Zenfone 9 conta com duas enormes câmeras traseiras, com sensores que saltam ao corpo do smartphone sem qualquer tipo de pudor.

Não temo como não ver que este é um produto da ASUS. E não tem como confundir esse telefone com qualquer coisa apresentada pela concorrência.

Falando um pouco mais da parte traseira, essa sobriedade vem acompanhada com um acabamento texturizado que deixa o dispositivo longe das marcas de dedo tão indesejadas e, ao mesmo tempo, favorece o agarre do telefone.

Seu corpo é de alumínio, reforçando assim o ar mais premium da construção. E a parte frontal é praticamente toda composta de tela, com exceção de bordas bem finas e o furo no canto superior esquerdo para abrigar a câmera frontal de 12 MP.

No final das contas, o design do ASUS Zenfone 9 é sabiamente chamativo e, ao mesmo tempo, discreto. Não será difícil para as pessoas se lembrarem que este é um telefone da ASUS e, de quebra, formarem uma opinião muito bem definida sobre a aparência do telefone.

 

 

 

A tela, nossa protagonista

É por causa do tamanho da tela que estamos falando do ASUS Zenfone 9, certo? Logo, chegou a hora de detalhar um pouco mais este elemento.

O novo smartphone compacto da ASUS possui uma tela AMOLED de 5.9 polegadas (FullHD+), com brilho de até 1.100 nits e taxa de atualização de 120 Hz. Seu aproveitamento na frontal ou relação tela-corpo é de 90,02%.

A ASUS sempre mandou bem nas suas telas, e acredito que isso não será diferente no Zenfone 9. É claro que os testes práticos podem oferecer uma ideia melhor sobre esse elemento (mas dificilmente receberemos esse produto para testes, o que é uma pena – a ASUS não sabe o que está perdendo), mas pelo menos no papel temos um display que pode ser considerado o mínimo ou ideal para um produto com esse perfil.

 

 

 

E como são as configurações dessas câmeras enormes?

Ter um sensor de câmera fisicamente gigantesco pode ajudar na hora de registrar fotos com baixa luminosidade (pois em teoria entra mais luz no sensor). Mas isso de pouco vale se tecnicamente essas câmeras não se apresentarem capazes de entregar fotos de alta qualidade.

O ASUS Zenfone 9 conta com dois enormes e protuberantes sensores fotográficos, com a câmera principal com 50 MP (Sony IMX766), que recebe um estabilizador do tipo gimbal com seis eixos, além do estabilizador digital (EIS).

Nem é preciso dizer que dá para esperar fotos e vídeos com alta qualidade, com enorme estabilidade e nitidez para fotos e vídeos.

Mas vamos esperar pelos testes práticos. É sempre importante lembrar que a quantidade de megapixels de um sensor não quer dizer absolutamente nada, já que outros fatores como processamento de imagem, potência do processador e a forma em como o software trabalha com o registro de fotos fazem toda a diferença.

Esse sensor de 50 MP vem acompanhado de uma lente grande angular de 12 MP (Sony IMX363), que deve fazer a alegria de quem gosta de registrar paisagens ou colocar muitos amigos na mesma foto.

 

 

 

E a bateria? Como vai?

Vai muito bem. Obrigado por perguntar.

O ASUS Zenfone 9 conta com uma bateria de 4.300 mAh, com modo de recarga rápida de 30W. Considerando o tamanho da sua tela, ela deve dar conta do recado, entregando pelo menos um dia de uso sem maiores problemas.

Parte dessa longa autonomia de bateria deve ficar por conta da ZenUI 9, interface de usuário que atua por cima do Android 12. Com todas as modificações promovidas pela ASUS, essa capa de personalização está muito mais leve e próxima do Android “puro”, para a “alegria” de Marcel Campos (entendedores entenderão).

Pesando apenas 169 gramas, o ASUS Zenfone 9 vem preparado para as redes mais modernas de internet e telecomunicações (e nem poderia ser diferente). Conta com WiFi 6, 5G, Bluetooth 5.2 e NFC, além de conector para fones de ouvido e porta USB-C 2.0 coexistindo em um mesmo corpo, algo raro de se ver nos smartphones atuais.

De quebra, ele ainda conta com alto-falantes estéreo e proteção IP68 contra água e poeira, mostrando que até a ASUS decidiu sucumbir aos anseios dos usuários que não queriam perder o telefone na primeira chuva.

 

 

 

ASUS Zenfone 9: quanto custa?

O ASUS Zenfone 9 não tem previsão de lançamento para o mercado brasileiro e, por conta disso, também não tem preço sugerido por aqui.

Mas já sabemos os preços lá fora, o que pode dar uma boa ideia do que está por vir para o nosso território:

  • Asus Zenfone 9 8/128GB: 829 euros
  • Asus Zenfone 9 8/256GB: 879 euros.
  • Asus Zenfone 9 16/256GB: 929 euros.

Sim, amigo leitor. Não é um smartphone barato, considerando alguns dos seus concorrentes asiáticos.

Mas é sempre importante lembrar que a ASUS tem como boa prática subsidiar os preços dos seus telefones no Brasil, o que fez com que vários dos lançamentos do passado chegassem por aqui com preços menos caros do que o esperado.

Logo, antes de se assustar com os valores em euros, é melhor esperar para ver se Marcel Campos e sua turma conseguem convencer mais uma vez os executivos da ASUS a acreditar que muitos brasileiros podem se interessar por esse produto.

E… ASUS… da próxima vez, me avise com antecedência sobre o lançamento de um produto da empresa. É péssimo ter que escrever sobre isso depois de todo mundo.

 

 

 

ASUS Zenfone 9: ficha técnica

ASUS ZENFONE 9
TELASamsung AMOLED de 5,9 polegadas
Proporção 20:9
FullHD+ a 2.400 x 1.080 pixels Taxa de atualização de
120 Hz
Taxa de atualização de toque de 240 Hz
Brilho máximo de 1.100 nits
Contraste de 1.000.000:1
Gorilla Glass Victus
PROCESSADORGPU Snapdragon 8+ Gen 1
Adreno 730
VERSÕES8/128 GB
8/256 GB
16/256 GB
LPDDR5/UFS 3.1
Suporte para disco rígido NTFS
CÂMERAS TRASEIRASPrincipal: SONY IMX766 de 50 megapixels, abertura f/1.9, estabilizador OIS com gimbal híbrido de 6 eixos, ângulos de visão de 84,6°
Grande angular/macro: SONY IMX363 de 12 megapixels, abertura f/2.2, ângulos de visão de 114º, suporte para macro de 4 cm
Vídeo 8K@24fps/4K@60fps/FHD@60fps
CÂMERA FRONTAL12 megapixels Sony IMX663, abertura f/2.45, ângulos de visão de 76,5º
4K@24fps/FHD@60fps vídeo
BATERIA Carga rápida de 4.300mAh 30W
SISTEMAAndroid 12
ZenUI 9
CONECTIVIDADEDual 5G/4G
WiFi 6E
Bluetooth 5.2
GPS Dual
NFC
fone de ouvido
USB Tipo C 2.0
DIMENSÕES E PESO146,5 x 68,1 x 9,1 milímetros
169 gramas
OUTROSAlto-falantes estéreo
IP68 contra poeira e água
Leitor de impressão digital capacitivo na lateral
PREÇOA partir de 829 euros 

Compartilhe