TargetHD.net | Notícias, Dicas e Reviews de Tecnologia Apple se rende: vai ter iPhone com USB-C | TargetHD.net Press "Enter" to skip to content
Wetten.com Brasil Apostas
Você está em | Home | Notícias | Apple se rende: vai ter iPhone com USB-C

Apple se rende: vai ter iPhone com USB-C

Compartilhe

Era o que a Apple queria? Não. Nem de longe. Mas vai ter que fazer. Contra o seu gosto. E para a nossa alegria.

A grande mudança aprovada pela União Europeia no dia 4 de outubro onde estabelecia o USB-C como padrão universal para os seus dispositivos móveis resultou na decisão anunciada pela Apple hoje (26), que abandona a porta Lightning no iPhone para se adequar aos padrões europeus, marcando o fim de uma era no smartphone.

A Apple será obrigada a se adequar ao padrão, e deixa claro que não está satisfeita com essa decisão, apesar de aparentemente não ver maiores problemas em adotar o USB-C no iPad e no Mac.

Vai entender a dona Apple, a “complicada e perfeitinha” do mundo da tecnologia.

 

USB-C sim, mas com ressalvas

Craig Federighi e Greg Joswiak confirmaram ao Wall Street Journal que a Apple vai mesmo se render ao USB-C como o seu conector para recarga de bateria e transmissão de dados no iPhone, indicando que a Apple terá que fazer o óbvio e cumprir com as novas regras estabelecidas pela União Europeia.

E como é muito mais barato fazer com que o mesmo produto chegue ao mundo inteiro no lugar de realizar dois projetos de design e fabricação do mesmo dispositivo, a tendência é que o mundo inteiro acabe recebendo o iPhone com porta USB-C sem maiores problemas. Até porque a tendência é que outros mercados ao redor do planeta acabem criando leis similares aos da UE.

Porém, a Apple até pode se dar como vencida, mas vai cair atirando. Ou, neste caso, fazendo críticas à decisão. A empresa afirma que sempre optou por apostar em seus próprios padrões no lugar de ser obrigada a usar as soluções de outros fabricantes e se declaram convencidos que esta é a melhor decisão nos aspectos ambientais e para a experiência de usuário.

Para respaldarem a defesa do padrão proprietário no mundo da telefonia, a Apple usa como exemplo a adoção do microUSB como padrão da indústria. Se bem que a dupla de Cupertino se esquece que esses eram outros tempos, com uma tecnologia que nem de longe era tão boa quanto a USB-C,m que não para de evoluir.

 

Quando o USB-C vai chegar no iPhone?

Não há uma resposta ou informação clara sobre quando o USB-C vai chegar ao iPhone, e a informação compartilhada até agora dá a entender que a Apple vai cumprir os prazos estabelecidos pela União Europeia para que os fabricantes se adaptem para o novo padrão universal.

As declarações feitas pela dupla da Apple para o WSJ não indicam que a empresa vai ter tanta pressa assim para implementar o USB-C no iPhone, de modo que não seria nenhum absurdo se o iPhone 15 (2023) e o iPhone 16 (2024) ainda contassem com a porta Lightning. Pensando de forma fria e racional, a empresa fatalmente gostaria de tirar o leite dessa metafórica vaca com obesidade mórbida materializada neste conector e em todos os lucros que ela gera para Tim Cook e sua turma.

Por outro lado, alguns especialistas afirmam que o iPhone 15, que será lançado em 2023, já deve contar com o USB-C. Para uma empresa que não pode perder tempo em capitalizar em cima dessa mudança, faz sentido que a Apple resolva essa questão de uma vez por todas e no menor tempo possível.

De qualquer forma, mesmo com o descontentamento e a defesa da validade do Lightning (utilizando inclusive um falido argumento da defesa do meio ambiente), a Apple já deu esse passo para a adoção do USB-C de forma voluntária no iPad e no Mac. Logo, a evolução natural indicava para um iPhone com o mesmo conector.

A única diferença neste processo (e bem sabemos que os motivos para a Apple reclamar tanto da mudança imposta para o iPhone) é que foi necessário que a União Europeia obrigasse a empresa a seguir por este caminho, em uma aceleração de processo que não agradou a quem sempre ganhou elevados valores com a venda de acessórios proprietários ou nos direitos de produção e comercialização de produtos com a porta Lightning.

Via The VergeWSJ


Compartilhe