A Xiaomi apresentou o Mi Notebook Youth Edition, que se apresenta como uma interessante opção de computador portátil, seguindo a filosofia da empresa em entregar a melhor relação custo-benefício possível.

O Xiaomi Mi Notebook Youth Edition conta com um design minimalista e limpo, com uma construção em metal. Possui tela de 15.6 polegadas (Full HD) e processador Intel Core i5 de oitava geração, trabalhando com 8 GB de RAM DDR4 e gráficos GeForce MX110.

Não é uma das combinações mais fortes do mercado considerando as suas especificações técnicas. E nem precisa ser. Não é o notebook pensado nos gamers, mas sim em um bom desempenho para as tarefas do dia a dia.

NO armazenamento, você pode contar com um SSD de 128 GB e um HD de 1 TB. O modelo chega ao mercado com o Windows 10, com várias opções de conectividade (HDMI, duas portas USB 3.0, áudio 3.5 mm, cabo Ethernet e leitor de cartões de memória).

O Xiaomi Mi Notebook Youth Edition tem preço sugerido de 580 euros.

 

 

A Xiaomi segue diversificando o seu alcance de mercado, oferecendo produtos nos mais diferentes segmentos. E, pelo visto, o mercado de notebooks ainda está funcionando bem para eles.

O seu portfólio de computadores portáteis só aumenta, com destaque para o Mi Notebook Air, ou o MacBook da Xiaomi. Esse é um dos produtos mais cobiçados pelos geeks de todo o mundo, e seu sucesso comercial justifica a manutenção da aposta da empresa nesse segmento.

O Xiaomi Mi Notebook Youth Edition é uma opção válida para os usuários com necessidades mais básicas de produtividade e entretenimento. Como pontuei antes, não é um modelo que se destaca pelo elevado desempenho. Mas pode encontrar o seu nicho de mercado, ainda mais na Ásia.

Vai chegar ao Brasil? De forma oficial, não. Mas os interessados sempre podem recorrer aos importadores. Se bem que, nesse caso, não sei se a relação custo-benefício se paga tão bem.