Compartilhe

A Mi Band 4 já tem um tempo de vida, mas isso não impediu que a Xiaomi anunciasse a versão Lite da Mi Band 3, que ainda é uma boa opção para quem quer economizar algum dinheiro. A Xiaomi Mi Band 3i é mais barata que a Mi Band 4, mas perde algumas funções bem interessantes, que podem não justificar o preço mais econômico.

 

 

Xiaomi Mi Band 3i: Principais Características

 

 

A nova Xiaomi Mi Band 3i é muito barata: 15 euros. A Mi Band 3 chegou ao mundo custando 22 euros, enquanto que a Mi Band 4 pode ser encontrada lá fora por 30 euros. Ou seja, a pulseira anunciada hoje custa a metade do preço da smartband mais avançada.

Por outro lado, o comprador da Mi Band 3i vai perder alguns recursos interessantes, que talvez não justifiquem a economia de 15 euros para alguns usuários.

Para começar, a Mi Band 3i não possui tela colorida. Mantém a tela OLED, o que vai ajudar a economizar muita bateria ao exibir as informações apenas com os pixels ligados. É uma tela mais compacta, contando com o mesmo tamanho da Mi Band 3 (0.78 polegadas).

 

 

Outra diferença está na bateria. São 135 mAh para a Mi Band 4, e 110 mAh para a Mi Band 3i. Porém, a autonomia dos dois dispositivos não são muito diferentes (promessa de 20 dias de uso na 3i). Na conectividade, a Band 3i possui Bluetooth 4.2, e mantém a resistência à água (felizmente).

A principal perda da Xiaomi Mi Band 3i está nos sensores, deixando de lado o sensor de ritmo cardíaco, deixando a nova pulseira mais apta para as atividades esportivas. Ao menos o contador de passos, registro de sono e de atividades estão mantidos.

 

 

A nova pulseira também conta com as funções básicas (notificações na tela, possibilidade de desbloqueio do smartphone com a pulseira ou adicionar alarmes, entre outras características), o que torna o produto interessante para os usuários que só querem receber notificações no seu pulso, contar os passos e acompanhar algumas atividades.

A Xiaomi Mi Band 3i não tem previsão de chegada ao mercado brasileiro, mas não deve ser difícil encontrá-la em um futuro muito próximo naqueles sites chineses que você bem conhece.

De cara, recomendo a compra dessa versão para os usuários que não vão sentir falta da tela colorida e do monitoramento cardíaco. A Mi Band 3i é quase uma atualização da Mi Band 2. Só não é porque não dá para medir o ritmo cardíaco. Algo que, para muita gente, é dispensável.

 

Via GSMArena


Compartilhe