A Xiaomi está ousada. Bem ousada. Quer mesmo fazer da MWC 2019 o seu octógono para bater na Samsung sem dó nem piedade. E os vazamentos “oficiais” da empresa servem como golpes pesados para os vazamentos “não oficiais” da gigante coreana.

O @evleaks compartilhou que o Galaxy S10+ cerâmica com 12 GB de RAM e 1 TB de armazenamento pode custar algo em torno de US$ 1.500. Na minha opinião, esse é um erro grosseiro da Samsung, especialmente em um momento onde o mercado está claramente estagnado nas vendas.

Aí vem a Xiaomi, que está preparando o lançamento do Mi 9 e de suas variantes, e promete preços muito mais lógicos e racionais, e contando com um hardware tão competente quanto o modelo da Samsung. Ou até mais competente, de acordo com os testes de benchmarks do AnTuTu.

O vazamento de hoje confirma várias coisas de uma vez. Por isso, eu vou dividir por tópicos que vão explicar por que o Xiaomi Mi 9 é o grande pesadelo da Samsung na MWC 2019.

 

 

Mais informações sobre o novo top de linha

O Xiaomi Mi 9 contará com revestimento holográfico de camada dupla, um painel frontal que é 40% mais fino que o presente no Mi 8, e o reforço que o sensor principal desse modelo será de 48 MP.

 

 

Xiaomi Mi 9 Transparent Edition vem aí

 

 

Não é só a Samsung e a Lenovo que oferecem no mercado smartphones com 12 GB de RAM. O Xiaomi Mi 9 Explorer Edition, concorrente direto do Galaxy S10+ cerâmico (mesmo contando com armazenamento menor), também vai oferecer a combinação Qualcomm Snapdragon 855 e 12 GB de RAM. O modelo da Xiaomi vai manter o revestimento transparente, também terá sensor principal de 48 MP para as câmeras traseiras (f/1.47) e cristal com espessura de apenas 0.4 mm.

 

 

A função do quarto sensor do Mi 9 Explorer Edition

 

 

As outras duas câmeras do Mi 9 contam com sensores de 12 MP com zoom ótico de 2x e um sensor grande angular de 16 MP. Já o quarto sensor do Mi 9 Explorer Edition será uma lente periscópica.

 

 

Um nome especial para o Mi 9 Transparent Edition

 

 

Ah, sim… o último vazamento também confirmou o nome comercial desse modelo: Xiaomi Mi 9 Transparent Edition Alita Battle Angel. Isso mesmo: ele vai receber na China o nome do filme que, por lá, estreia nessa semana.

 

 

Os preços

O Xiaomi Mi 9 deve chegar ao mercado custando 500 euros. Já o Xiaomi Mi 9 Explorer Edition deve custar aproximadamente 880 euros. Ou seja, a Xiaomi deixa um belo abacaxi para a Samsung descascar, pois fica difícil explicar como o seu top de linha pode custar o dobro dos modelos mais completos da concorrência. E aqui, nem mesmo a maior qualidade dos materiais da linha Galaxy S10 justifica os elevados preços.

 

 

Via Wang XiangXiaomi