Não é a primeira vez, e não será a última. Mais de 617 milhões de contas vazadas foram vendidas na Dark Web, com dados vindos de sites que relataram problemas de segurança e constataram que os dados foram vendidos por aproximadamente 20 mil euros.

São apps e sites de confiança, mas as pequenas falhas de segurança deram aos hackers a possibilidade de obter dados como e-mails, nomes de usuário e senha. Logo, se por um acaso você tinha uma conta em um desses sites, é mais do que recomendado você mudar a sua senha agora.

Aliás, é bom parar tudo o que você está fazendo para ter a certeza que todas as suas senhas estão seguras nos diferentes serviços que você tem cadastro na internet. De tempos em tempos isso é algo que considero fundamental.

 

 

Os sites e aplicativos afetados

Dubsmash (162 milhões),
MyFitnessPal (151 milhões),
MyHeritage (92 milhões),
ShareThis (41 milhões),
HauteLook (28 milhões),
Animoto (25 milhões),
EyeEm (22 milhões),
8fit (20 milhões),
Whitepages (18 milhões),
Fotolog (16 milhões),
500px (15 milhões),
Armor Games (11 milhões),
BookMate (8 milhões),
CoffeeMeetsBagel (6 milhões),
Artsy (1 milhão),
DataCamp (700 mil).

Não dá para saber o que aqueles que compraram esses dados vão fazer com eles. Porém, se alguém está disposto a pagar 20 mil euros por mais de 600 milhões de contas, é de se imaginar que existem planos ambiciosos para esses dados.

 

 

Como saber se o seu e-mail foi comprometido?

Se você tem (ou tinha) uma conta em uma dessas plataformas, é quase certo que o seu e-mail foi afetado. Porém, é sempre possível verificar essa informação no haveibeenpwned.com, que já foi recomendado algumas vezes aqui no blog. E se o seu e-mail aparecer na base de dados desse site, não pense duas vezes em mudar de senha.

 

 

Cuidado com o que você recebe no seu e-mail

As chances de um e-mail comprometido receber mensagens de Phishing são enormes. Logo, muita atenção com a mensagem que você está lendo. Ninguém quer te oferecer algo de graça ou sem cobrar nada, e na maioria das vezes gigantes do setor como Apple, Microsoft ou PayPal não mandam e-mails sem que você solicite nada para eles.

 

Via 9to5Mac