TargetHD.net | Notícias, Dicas e Reviews de Tecnologia Windows 11 vs Windows 11 SE: quais são as diferenças? | TargetHD.net Press "Enter" to skip to content
Wetten.com Brasil Apostas
Você está em | Home | Software | Windows 11 vs Windows 11 SE: quais são as diferenças?

Windows 11 vs Windows 11 SE: quais são as diferenças?

Compartilhe

O Windows 11 SE é uma realidade, e chegou a hora de mostrar quais são as principais diferenças dessa versão para o Windows 11 tradicional.

O Windows 11 é uma nova versão do sistema operacional da Microsoft voltado para a educação e para os dispositivos de baixo custo. É a forma que a gigante de Mountain View encontrou para competir com o Chrome OS do Google.

Seu funcionamento possui algumas diferenças importantes em relação ao Windows 11, e neste post vamos mostrar quais são essas características que o tornam único. Tudo será de forma resumida, para que os usuários entendam melhor o contexto geral da versão SE.

 

 

 

As diferenças entre o Windows 11 SE e o Windows 11

A principal diferença entre as duas propostas é que o Windows 11 SE, por definição, é pensado no ambiente educacional. Isso o torna mais fechado que o Windows 11, já que ele precisa funcionar bem na sala de aula e com crianças que tendem a ter distrações com vários elementos que não estarão presentes em um computador especificamente voltado para o aprendizado.

Mesmo assim, vale a pena deixar claro quais são essas diferenças, para que os usuários de diferentes níveis de conhecimento possam tomar a melhor decisão na hora de investir em um computador com Windows 11 ou Windows 11 SE.

A seguir:

  • Não está à venda: o Windows 11 SE não será lançado para computadores normais. Apenas os fabricantes poderão instalá-lo em seus equipamentos específicos para educação.
  • Para computadores menos potentes: O sistema é projetado para computadores específicos projetados para ele, de baixo custo e com pouca energia. Ele foi otimizado para funcionar com 4 GB de RAM e 64 GB de armazenamento.
  • Sem conexão fora da escola: quando os alunos saem da escola, seus computadores não terão uma conexão permanente. Eles poderão trabalhar offline e, quando voltarem para a escola, tudo o que fizeram será sincronizado por meio do OneDrive.
  • Aplicativos em modo de tela inteira: Eles sempre serão abertos assim, e até dois aplicativos podem ser usados ​​ao mesmo tempo.
  • Menos layouts: são reduzidos de 6 para dois, para mostrar apenas os de dois aplicativos de cada vez.
  • Simplificação das configurações: Muitas seções da configuração do aplicativo serão simplificadas.
  • Sem widgets: o Windows 11 SE não possui uma seção de widgets para não distrair os alunos.
  • Edge com extensões do Chrome por padrão: Este modo não terá que ser ativado, será por padrão para que não haja problemas com o uso de extensões do Chrome.
  • Backups automáticos: o backup dos documentos será feito automaticamente no OneDrive.
  • Instalação limitada de aplicativos: os aplicativos podem ser instalados, mas serão os administradores de TIC das escolas que decidirão quais aplicativos serão instalados em cada computador.
  • Menor consumo: Foi projetado para consumir menos bateria, e os computadores Windows SE têm autonomia para o dia todo.

 

 

 

Um Windows apenas para a educação

Ou seja, o Windows 11 SE não é destinado ao uso doméstico ou para os computadores convencionais, e seu foco específico para a educação é justificado para evitar distrações durante as aulas. Além disso, ele foi projetado para os equipamentos de baixo custo.

O sistema operacional não poderá ser adquirido para uma instalação em um computador, e apenas os fabricantes autorizados poderão oferecer o software em novos produtos. O Surface Laptop SE é um dos primeiros dispositivos que estão dentro dessa proposta.

No final das contas, o Windows 11 SE será mais útil para os seus filhos do que para você. Se a escola deles decidir apostar em um sistema operacional como esse, são eles que vão receber um laptop com essa proposta, e não você.

Além disso, se você é professor ou estudante, não poderá ir muito além do uso educacional com o Windows 11 SE, por conta da limitação para a instalação de aplicativos de terceiros e do multitarefa.

Dá até para dizer que a grande maioria dos usuários não vai perder nada com o Windows 11 SE. E, com isso, o Windows 11 vai reinar soberano nos computadores por muito tempo.


Compartilhe