Wetten.com Brasil Apostas
Home » Notícias » Windows 10 vai morrer em 2025. Significa…

Windows 10 vai morrer em 2025. Significa…

Compartilhe

A Microsoft não para de dar recados claros que vai substituir o Windows 10. Não me atrevo a chamar a nova versão de Windows 11 (mesmo com várias fontes confirmando o nome), mas que um novo Windows está chegando, isso é algo evidente.

O último indício de mudança veio da própria Microsoft, que confirmou oficialmente que o Windows 10 nas suas versões Home ou Pro vão deixar de receber atualizações e correções de segurança oficiais em 14 de outubro de 2025.

 

 

 

Mas não era para ser o último Windows?

 

 

Antes da mudança da documentação técnica, a Microsoft só indicava as datas do fim do suporte das versões específicas do Windows 10, ou seja, 21H1, 20H2, etc. Cada versão intermediária ou semestral sempre teve uma data de caducidade, para que os usuários absorvessem o hábito de atualizar os seus computadores.

Agora, a coisa muda. O que a Microsoft anunciou é o fim do ciclo de vida do suporte técnico ao Windows 10 como um todo. E, dessa forma, o “último Windows” terá uma vida útil de exatos 10 anos.

Mas o que realmente chama a atenção é que a Microsoft faz este importante anúncio a exatos 10 dias do seu próximo evento sobre o Windows, e este é um fortíssimo indício que a empresa vai mesmo apresentar a próxima versão do seu sistema operacional.

E nada é eterno neste mundo, e não existem coisas imutáveis nessa vida. Até porque só montanha e poste não sai do lugar.

Na época do seu lançamento, a Microsoft chegou a afirmar que o Windows 10 seria a “versão definitiva” dos eu sistema operacional, abandonando a filosofia de produto para o software, e abraçando o conceito do “Windows as a service”.

Agora, teremos uma grande atualização do sistema operacional, mostrando que o “último Windows” terá uma “parte 2”, ou vai se renovar. O que não é algo necessariamente ruim. Afinal de contas, a Microsoft tem o direito de mudar de ideia.

 

 

 

E o que acontece se eu não aceitar o novo Windows?

 

 

Muitos usuários estão se perguntando o que realmente vai mudar a partir de agora, com a chegada de uma nova versão do Windows. E é importante acalmar os mais afoitos.

Pelo menos neste primeiro momento, não teremos mudanças drásticas. A Microsoft vai apresentar a nova versão do Windows (provavelmente vai se chamar Windows 11), vai estabelecer uma data de lançamento para a versão final e determinar uma janela para updates gratuitos.

Considerando que o Windows 10 agora tem data de morte, você terá aproximadamente 4 anos para se preparar adequadamente para realizar a migração para a futura nova versão, considerando a sua realidade como usuário pessoal, profissional ou educacional.

Pelo visto, a Microsoft não vai querer intimidar os usuários corporativos ou que dependem de sistemas proprietários para gerenciar seus negócios e empresas, e quer dar o tempo necessário para que todos realizem uma migração mais tranquila.

Porém, depois de 14 de outubro de 2025, as versões Windows 10 Home, Windows 10 Pro, Windows 10 Pro Education e Windows 10 Pro for Workstation deixam de receber o suporte oficial da Microsoft, e quem ainda permanecer com essas versões de software terá que realizar a atualização para o novo Windows. Sim ou sim.

Ou compra um MacBook. Ou instala um Linux. O que vier primeiro.


Compartilhe