A difusão das famigeradas fake news se transformou em uma das práticas mais perigosas do WhatsApp em todos os âmbitos. Porém, ao que parece, a empresa está empenhada em pelo menos reduzir (já que acabar é algo bem difícil) a disseminação das notícias falsas na plataforma, desenvolvendo um sistema que ajuda a identificar se as imagens que chegam em nossa conta são falsas ou não.

A versão beta do aplicativo conta com o recurso Busca por Imagem, onde podemos enviar a foto para o Google, que vai indicar imagens iguais ou similares que vão ajudar a confrontar esses dados, informando se recebemos uma foto verdadeira ou falsa.

A mesma versão beta do WhatsApp traz novos emojis que potencialmente poderão chegar ao usuário final em breve, como por exemplo a bandeira do transgênero.

Porém, a novidade mais interessante é mesmo a nova ferramenta que permite ao usuário verificar a veracidade de uma imagem recebida em um contato ou grupo no Google. O recurso abre o navegador padrão, e os resultados da busca são apresentados, e dessa forma podemos concluir de forma mais rápida e simples se uma imagem é falsa ou não.

 

 

Tal característica poderá ser uma ferramenta singular para que os usuários não sejam condicionados ou enganados por esse tipo de imagem. Algo que ficou comum aqui no Brasil, especialmente durante as eleições presidenciais, ao longo do segundo semestre de 2018.

Sendo bem sincero… até hoje a disseminação de fake news no WhatsApp está algo sem controle, onde a tia do Zap Zap tem mais credibilidade do que os produtores de conteúdo.

Os esforços do WhatsApp na luta contra a difusão de notícias falsas já são empregados a algum tempo, e as mudanças na plataforma pensando nesse aspecto chegam a todo o momento. Recentemente foram ativados os limites para o número de re-envios que podem ser feitos em uma mensagem.

Ainda não sabemos se a opção de busca de imagens estará disponível no aplicativo em breve, de forma provisória ou definitiva.

 

Via Engadget