TargetHD.net | Notícias, Dicas e Reviews de Tecnologia Você vai poder consertar o seu iPhone em casa | TargetHD.net Press "Enter" to skip to content
Wetten.com Brasil Apostas
Você está em | Home | Notícias | Você vai poder consertar o seu iPhone em casa

Você vai poder consertar o seu iPhone em casa

Compartilhe

Um verdadeiro milagre aconteceu.

A Apple, que historicamente foi radicalmente contra o conceito do “direito de reparação” por parte dos usuários, decidiu mudar de ideia “do nada”. A mudança é tão radical, que a gigante de Cupertino agora está oferecendo os kits de reparação, permitindo que qualquer proprietário dos seus produtos possa consertar o dispositivo em casa.

Basta ter habilidade para isso. Nem é preciso mais contratar um advogado para iniciar uma disputa judicial.

Eu mal consigo acreditar que estou escrevendo este post. Definitivamente, vivemos tempos bem diferentes. Quem poderia prever que, em pleno 2021, a Apple adotaria uma política favorável aos usuários.

 

 

 

Apresentando o Self Service Repair da Apple

Em termos práticos.

A Apple anunciou o lançamento do Self Service Repair, que é um programa que vai permitir aos usuários a aquisição de peças originais de reparação dos dispositivos da empresa, além de manuais completos com instruções para a realização da manutenção por qualquer pessoa que conte com as habilidades necessárias para isso.

Ou seja, o cliente Apple não será mais obrigado a recorrer ao serviço de assistência técnica autorizada da empresa. Basta comprar o kit oficial de peças, que será entregue na residência do cliente, e realizar a manutenção em casa.

Inicialmente, o Self Service Repair está disponível apenas para os Estados Unidos, e os dispositivos que estão participando inicialmente deste programa são o iPhone 12 e o iPhone 13. Em breve, a Apple deve expandir o alcance desse suporte para os MacBooks com processadores M1, e outros países devem receber a iniciativa em 2022.

Em um primeiro momento, a Apple vai centralizar os envios das peças mais solicitadas pelas assistências técnicas autorizadas, como telas, bateria e sensores de câmera. Serão 200 ferramentas e componentes do iPhone que estarão disponíveis para compra.

A Apple deixa claro que o Self Service Repair é voltado para os usuários técnicos com conhecimentos e experiência em reparos de dispositivos eletrônicos. Fato é que a grande maioria dos usuários ainda vai recorrer ao serviço de assistência técnica autorizada ou para terceiros que podem realizar o serviço com preços mais competitivos.

Mas não dá para negar que é a mesma Apple que mudou de ideia.

 

 

 

Apple (finalmente) abraçou o direito de reparação

A Apple foi uma das empresas que mais protestou contra o direito de reparação do usuário, e é a que mais conta com políticas para dificultar esse direito. Porém, a pressão externa e a mudança da legislação na Europa “motivaram” a gigante de Cupertino a rever sua posição.

Em 2020, a Europa aprovou a lei do direito de reparação, o que obrigou as empresas de tecnologia a rever os conceitos de suas respectivas políticas sobre o assunto.

A lei exige que este aspecto seja mais atraente, sistemático e rentável para o consumidor, seja ampliando as garantias do produto ou oferecendo garantias para as peças de substituição, seja melhorando o acesso à informação sobre a reparação e manutenção dos produtos.

Agora, vamos ver se outros fabricantes acompanham o movimento da Apple. Se até a gigante de Cupertino se curvou ao bom senso, por que as demais empresas não fariam o mesmo?

E você não acredita em milagres… tsc, tsc, tsc…

 

 

Via Apple


Compartilhe