TargetHD.net | Notícias, Dicas e Reviews de Tecnologia Perguntas e respostas sobre a recarga rápida nos smartphones | TargetHD.net Press "Enter" to skip to content
Wetten.com Brasil Apostas
Você está em | Home | Dicas, Truques e Macetes | Perguntas e respostas sobre a recarga rápida nos smartphones

Perguntas e respostas sobre a recarga rápida nos smartphones

Compartilhe

Voltamos ao tema da recarga rápida nos smartphones, pois este é um dos assuntos mais procurados pelos leitores do blog.

Até porque muitos de nós se preocupam hoje não apenas com a autonomia de bateria do dispositivo, mas também com a saúde da mesma com o passar do tempo. Muitos querem manter o melhor desempenho do telefone pelo maior tempo possível, e este é um dos aspectos que mais causam impacto nesse objetivo (que é difícil de ser alcançado).

Por isso, vamos dedicar alguns minutos para responder algumas das perguntas mais frequentes sobre a recarga rápida nos smartphones.

 

 

 

Afinal de contas… o que é a recarga rápida?

É quando um sistema de recarga pode receber uma quantidade de energia elevada o suficiente para reduzir o tempo de processo em relação aos carregadores convencionais.

Podemos classificar um sistema de recarga como rápido quando o padrão definido pelo fabricante está na casa dos 10W (normalmente 5 volts e 2 amperes). Ou seja, todo carregador que possui essa especificação ou superior está dentro do sistema de recarga rápida.

A maioria dos carregadores disponíveis no mercado contam com 15W e 18W, e os mais potentes podem alcançar os 120W de recarga. Ou mais, em alguns casos mais raros, mas em pleno desenvolvimento por alguns fabricantes.

 

 

 

Como trabalham os sistema de recarga rápida?

Os fabricantes de smartphones implementam diferentes algoritmos para minimizar os riscos de danos em um dispositivo durante o processo de recarga rápida. Tais recursos limitam a quantidade de energia que as baterias recebem.

Ou seja, um telefone que suporta uma carga de 30W não necessariamente vai receber essa carga. O próprio telefone decide qual é a quantidade de energia que vai receber, dependendo da situação que se encontra ou do momento em que a recarga acontece.

Se o telefone tem pouca energia na bateria, o carregador vai trabalhar mais para carregar mais rápido. Porém, em uma recarga complementar, a quantidade de energia será menor, gastando mais tempo para completar os 100% de autonomia.

 

 

 

A bateria pode se deteriorar com o uso da recarga rápida?

Sim, isso pode acontecer.

Se entra muita energia na bateria, o superaquecimento promovido pelo processo de recarga vai fazer com que a mesma acabe se desgastando mais rapidamente com o passar do tempo.

Sua bateria pode não morrer, mas ela vai perder eficiência de recarga ao longo do tempo. Normalmente as baterias dos smartphones são produzidas para aguentar em média 800 ciclos de recarga, mas essa vida útil pode ser reduzida para 700 ciclos ou menos.

 

 

 

Os fabricantes estão trabalhando para resolver esse problema?

Sim, pois a tecnologia neste aspecto não para de evoluir. Por exemplo, a Xiaomi já afirma que é capaz de reduzir o desgaste de bateria em apenas 20% após 800 ciclos de recarga, o que já seria uma vitória para manter o telefone funcionando bem por mais de dois anos.

 

 

 

Quais métodos estão ajudando a melhorar a velocidade de recarga?

Os fabricantes de smartphones estão trabalhando neste aspecto também.

Algumas soluções passam pelas baterias duplas. Alguns modelos contam com duas baterias de 2.500 mAh que entregam 5.000 mAh de autonomia. Neste caso, a recarga completa é mais rápida, com os dois módulos sendo carregados ao mesmo tempo.

Já mencionamos a Xiaomi, que conta com carregadores de 120W que, na prática, possui duas correntes de 60W trabalhando ao mesmo tempo, o que também reduz o tempo de recarga, o que reduz o calor e o desgaste da bateria e, ao mesmo tempo, entregando a sua capacidade máxima especificada.

 

 

 

No final das contas…

A grande dica é utilizar o carregador rápido para os momentos em que ele realmente é útil. Ou seja, naqueles momentos onde você precisa garantir que o seu smartphone vai funcionar até o fim do dia.

Cada um decide o que é melhor para si, mas… convenhamos: você não precisa de um carregador rápido para carregar a bateria do telefone durante as suas noites de sono. Certo?


Compartilhe