Compartilhe

O Facebook lançou um novo programa, o Pronunciações, onde vai pagar para alguns usuários pelas gravações de voz que serão escutadas e analisadas pela empresa. Por enquanto, a iniciativa é exclusiva para os Estados Unidos, e está no seu aplicativo de pesquisas de mercado Viewpoints, que paga os usuários pelas enquetes realizadas.

É a forma que o Facebook encontrou em ser “mais transparente”, depois de revelado o escândalo onde a empresa pagava jovens para instalar uma VPN que espiava o seu comportamento na internet.

 

 

 

Você aceitaria US$ 5 para o Facebook ouvir suas gravações?

 

 

O valor aqui é o menos relevante. De qualquer forma, é um preço muito baixo para o Facebook registrar as gravações de usuários. Registrando um conjunto de gravações, o usuário alcança 200 pontos no Viewpoints, que são equivalentes a US$ 1. E você precisa de 1.000 pontos para poder receber os US$ 5 via PayPal. A maioria dos usuários só poderão registrar um conjunto de gravações, mas o Facebook pode vir a oferecer até cinco conjuntos de gravações para cada usuário, o que resulta nos atais US$ 5.

Sobre as gravações em si, o Facebook vai pedir para que os usuários pronunciem a frase código Hey Portal, seguido do nome do amigo dentro da sua lista de contatos no Facebook. É preciso realizar o comando de voz duas vezes por amido indicado, onde no total você terá que fazer o mesmo com até 10 amigos.

De acordo com o Facebook, as gravações obtidas no processo não serão associadas ao perfil do usuário no Facebook, e também não serão compartilhadas com outras empresas sem o consentimento do mesmo. Um dos problemas daquela VPN que espionava todo mundo foi o fato da plataforma incluir menores de idade como participantes do processo de coleta de dados. Sobre esse ponto, o Facebook deixou claro que, para participar do programa de gravações pagas, os usuários devem contar com uma idade que varia entre 18 e 75 anos.

 

 

Que o Facebook está analisando gravações e fragmentos de voz dos usuários, isso não é uma novidade. O que talvez surpreenda mesmo é a plataforma insistir nisso após todos os escândalos que foram revelados no ano passado, e envolvendo praticamente todas as gigantes de tecnologia, onde algumas delas reconheceram contar com equipes de profissionais contratados para escutar conversas alheias.

Apesar dos termos do serviço alertar que as gravações serão utilizadas para melhorias no serviço, nenhuma das gigantes jamais avisou que as análises poderiam ser realizadas por seres humanos trabalhando com os serviços automatizados.

Então… dá para confiar no Facebook para entregar as gravações da sua voz?

 

 

Via The Verge


Compartilhe