Compartilhe

Lembra que eu comentei aqui no blog recentemente que a TIM estava virando um banco digital? Na verdade, é uma parceria com a C6 Bank (essa sim, banco digital), onde quem tem uma linha pré-paga pode ter uma conta bancária virtual para movimentações, pagamentos e gerenciamento de créditos.

Isso mostra que a TIM está diversificando os seus serviços, na tentativa de agregar um valor maior ao seu serviço de telefonia móvel, ao mesmo tempo que quer obter uma maior rentabilidade com os planos pré-pago, que não gera muito lucro para a operadora (a ponto do seu presidente ter como “sonho de consumo” o fim dessa modalidade).

A notícia desse post mostra que a TIM não está sozinha nessa, e que as operadoras estão trabalhando para oferecer produtos diferentes para obter outras fontes de lucro. A Vivo anunciou recentemente o Vivo Money, uma linha de empréstimos para os seus clientes com taxas de juros relativamente competitivas.

Bom, pelo menos é mais barato que os juros do cartão de crédito, e isso pode ser uma vantagem para muitos usuários.

 

 

 

Até R$ 30 mil de empréstimo no Vivo Money

 

 

Mas… o que é o Vivo Money?

O Vivo Money é uma linha de crédito para os clientes da Vivo. No site da operadora, é possível fazer uma simulação de empréstimo, conhecer o valor de cada parcela, a taxa de juros que será cobrada em cada parcela e, dessa forma, obter uma proposta personalizada e alinhada com o seu perfil de consumo ou condições financeiras.

A proposta é inovadora, especialmente nesse momento em que, de forma quase inevitável, muitas pessoas vão precisar de um reforço financeiro para pagar as contas regulares ou até mesmo investir no seu pequeno negócio para continuar no mercado. Se tudo for tão bonitinho quanto parece, o Vivo Money pode ser muito bem vindo.

Afinal de contas, solicitar R$ 30 mil (o valor máximo de crédito oferecido) em sua operadora de telefonia móvel com 24 parcelas para pagar e com juros relativamente baixos… pode ser uma boa ideia.

O menor valor disponível para o empréstimo é de R$ 1 mil, que também podem ser pagos em até 24 vezes de R$ 65,52, com uma taxa de juros de apenas 3,99% ao mês. Essa taxa de juros pode ser variável, dependendo do valor do empréstimo que você solicitar, flutuando entre 2,97% e 9,97%. Ainda é um valor bem competitivo para quem precisa de uma grana de forma mais urgente nesse momento de sufoco (a maioria das financeiras cobra um valor maior do que esse).

Para você obter o seu empréstimo no Vivo Money, você precisa: 1) definir o valor a ser solicitado; 2) definir as parcelas de pagamento na simulação; 3) confirmar os documentos solicitados e 4) assinar o contrato digitalmente. Cumpridos esses passos, você recebe o dinheiro em sua conta bancária indicada no cadastro em até dois dias úteis.

É claro que não existe milagre em lugar nenhum do mundo, e a Vivo não está sozinha nessa iniciativa. O Vivo Money é fruto de uma parceria da operadora de telefonia móvel com o Banco Digio S.A., via IBI Digital. Os clientes Vivo elegíveis para a solicitação do crédito vão receber a oferta através de um dos canais digitais da operadora.

Porém, fique esperto: a primeira parcela do empréstimo é cobrada no mês seguinte, e você só pode escolher a data de vencimento das parcelas uma única vez, até o final do empréstimo. Logo, decida sobre ele com moderação.

O Vivo Money parece uma boa ideia, olhando de longe e na primeira vista. As taxas de juros são competitivas, e a burocracia é aparentemente baixa, pois bons pagadores na operadora tendem a ser aprovados mais rápido. Vamos dar tempo ao tempo e olhar a iniciativa de longe, mas a primeira impressão do serviço é: bem interessante…[

 

 

Via Vivo Money


Compartilhe