Para muita gente, o Linux é vida, porque é bem completo e é de graça. Mas ainda está atrás do Windows em alguns aspectos. Muito em parte por falta de interesse de parte da indústria, e não porque a plataforma é limitada. Um exemplo disso está no mundo dos videogames, onde o Windows é rei absoluto. Porém, nos últimos anos, o Linux avançou nesse aspecto também, de modo que a pergunta do título desse post se justifica.

 

 

Grandes jogos no catálogo do Linux

 

 

Vai no Steam e você verá os jogos disponíveis para Linux. O catálogo é muito menor que no Windows, mas é possível encontrar ótimos jogos para o sistema operacional, como:

Borderlands: The Handsome Collection
Hollow Knight
Rocket League
ARK: Survival Evolved
Total War: WARHAMMER
Left 4 Dead 2
Metro Redux Bundle
The Witcher 2: Assassins of Kings Enhanced Edition
PayPady 2

GOF é outra plataforma que oferece centenas de jogos Linux. São games mais antigos, mas que garantem horas de diversão.

 

 

O Linux é inferior ao Windows no desempenho?

 

 

Aos olhos dos leigos, pode parecer que sim, e esse é um dos motivos pelo baixo interesse na plataforma para os games. Porém, isso está bem longe de ser a realidade.

Um recente teste de desempenho realizado pela Phoronix envolvendo o Windows 10 e o Ubuntu 18.04 utilizando várias placas gráficas da NVIDIA baseadas nas arquiteturas Pascal e Turing mostram que a diferença entre os dois nem é tão grande assim, com ligeira vantagem para o sistema operacional da Microsoft, especialmente nas placas GTX 1080Ti e RTX 2080Ti, as mais potentes da NVIDIA nas duas últimas gerações.

A diferença de desempenho pode ter vários fatores, como jogos menos otimizados para o Linux ou drivers das placas gráficas. A cota de uso do Linux é muito inferior que a do Windows, e os desenvolvedores preferem gastar tempo otimizando os games para onde está a maior parte das vendas. Algo totalmente lógico.

Mas isso não quer dizer que não dá para jogar no Linux. Pelo contrário: o desempenho é bom o suficiente para ter uma experiência similar.

Fora dos videogames, o Linux oferece um desempenho equivalente ao do Windows 10 e até superior em alguns casos. Os testes da Phoronix também avaliaram o desempenho da CPU no Windows 10 e em várias distribuições Linux.

Aqui, o quadro se inverte, e o Linux é superior ao Windows Estas são tarefas executadas pelo processador principal do PC, e que não dependem da otimização de drivers. Se os jogos e os drivers das placas gráficas são os mesmos nas duas plataformas, a diferença de desempenho entre os dois sistemas seria mínima ou inexistente.

 

 

Conclusão

 

O Linux é muito apto para os games. É sim mais limitado que o Windows, mas conta com um catálogo que segue crescendo. Aumentar a cota de mercado do Linux é a melhor forma de despertar o interesse dos desenvolvedores. Por isso, fãs do pinguim, comecem a jogar os seus games em uma distrô Linux (e convença outras pessoas a fazerem o mesmo).

 

Via Phoronix