Arquivo para a tag: usuários

Na batalha dos mensageiros instantâneos, o WhatsApp lidera em usuários, e o LINE, em arrecadações

by

whatsapp-line

O Wall Street Journal publicou uma matéria sobre o desempenho do LINE fora do continente asiático, onde alguns dados merecem uma reflexão. O mais interessante dado está nos ingressos: o LINE arrecada 25 vezes mais dinheiro que o WhatsApp, através da venda de stickes, jogos e apps.

Em 2013, no seu segundo ano de existência, o LINE gerou vendas de US$ 505.8 milhões, contra apenas US$ 20 milhões do WhatsApp. O WeChat, o terceiro concorrente entre os mensageiros instantâneos, ficou entre os dois, com ingressos estimados entre US$ 32 milhões e US$ 48 milhões durante o quarto trimestre de 2013.

Segundo um cálculo da BNP Paribas, o LINE tem aproximadamente 175 milhões de usuários ativos por mês, enquanto que o WhatsApp possui 500 milhões de usuários ativos (números anunciados hoje). Já o WeChat (que baseia o seu sucesso na China, onde é líder), possui 355 milhões de usuários.

Via The Wall Street Journal

Veja o que acontece quando um usuário do iPhone ou Android usa o BlackBerry Z10

by

O BlackBerry 10 e os seus primeiros smartphones (BlackBerry Z10 e BlackBerry Q10) não contam com mais de 24 horas de vida, mas começam a enfrentar os seus primeiros testes de fogo. E não estou falando dos já populares crash tests, que colocam os dispositivos em uma seção de tortura interminável, apenas para medir a sua durabilidade. Estou falando de algo que pode doer ainda mais para um marca. Algo mais prático e efetivo do que deixar um smartphone cair: o crivo da opinião pública.

O pessoal do site Mashable fez um divertido vídeo, mostrando com bom humor e acidez o que acontece quando cinco usuários do iPhone e Android são apresentados ao novo (e futuro) smartphone da BlackBerry. Veja os resultados com os seus próprios olhos.

Instagram afirma ter 90 milhões de usuários atívos, e 40 milhões de fotos enviadas por dia

by

Lembra quando a gente contou aqui no TargetHD que a AppStats havia divulgado uma análise que informava que o Instagram tinha perdido metade dos seus usuários ativos durante o mês de dezembro (se não leu, clique aqui e leia… depois, volte para esse post)? Pois bem, parece que as coisas não são bem assim. O próprio Instagram decidiu se pronunciar sobre o assunto, informando que sua taxa de crescimento nos últimos 30 dias (de dezembro a janeiro) foi de, pelo menos, 10%.

Segundo o site AllThingsD
, os números do Instagram seguem muito bons, mesmo com as mudanças nas condições do serviço anunciadas no mês passado. Desde o anúncio que, entre outras mudanças, eles poderiam ceder as fotos dos usuários para fins de publicidade (sem que os mesmos recebessem um centavo por isso), eles se mantiveram em silêncio sobre quantas pessoas deixaram ou permaneceram no serviço. Pois bem, segundo Kevin Systrom, cofundador do Instagram, existem na base do serviço nesse momento mais de 90 milhões de usuários ativos.

Kevin ainda afirma que o serviço “segue com um grande crescimento ao redor do mundo”, algo que pode ser comprovado com o registo de mais de 40 milhões de fotos enviadas para o serviço por dia. Não só isso: são mais de 8.500 “likes” e 1.000 comentários registrados pelos usuários… POR SEGUNDO!

Vale lembrar que os dados divulgados estão restritos aos usuários ativos, que constantemente utilizam a plataforma. Se buscarmos os números gerais – incluindo aqueles que não usam o Instagram a algum tempo – certamente teremos uma taxa estimada de usuários cadastrados que flutuam entre 100 e 200 milhões. Bom, se esses números não acalmarem um pouco aqueles mais preocupados com a audiência do serviço, não sabemos mais o que pode trazer a tranquilidade para aqueles que estavam temendo uma debandada geral de usuários preocupados em ver suas fotos em campanhas publicitárias.

Nem todos os dados foram revelados pelo executivo do Instagram. Por exemplo, a proporção de usuários do Android e o iOS, algo que sempre interessa aos investidores e usuários em geral. Ah, e aos Apple e Android Fanboys, que sempre buscam novos dados para debater com os seus opostos.

Instagram: mais de 1 milhão de downloads em menos de 24 horas

by

O lançamento do Instagram para Android rende assunto até hoje, tanto entre os usuários das diversas plataformas móveis, mas também com os números iniciais do lançamento. Meses de espera resultaram em mais um recorde no volume de downloads do aplicativo, que alcançou a expressiva marca de mais de 1 milhão de downloads em apenas 24 horas. Os dados são do Google Play, e se seguir esse ritmo, não vai demorar muito tempo para que o sistema do Google se aproxime (e supere) a marca de 30 milhões de usuários do aplicativo no iOS. Bom, pelo volume de aparelhos Android disponíveis, essa missão não deve ser muito complicada, não é mesmo?

Via Google Play

Novidades sobre o Android, com Angry Birds e sua popularidade nos EUA (ele é o #1)

by

Duas notícias positivas para o pessoal do Google. A primeira, e mais importante delas é que duas empresas dedicadas a estudar as movimentações de mercado declararam, quase que ao mesmo tempo, que pela primeira vez o Android chega ao posto de sistema operacional móvel mais usado nos Estados Unidos.

A primeira empresa, a comScore, disse que o Android ocupa 31,2% do mercado atual, seguida pela RIM, com 30,4%, deixando a Apple em terceiro lugar, com 24,7%. A segunda empresa é a Nielsen, que informa que o sistema operacional do Google é usado por 29% dos dispositivos que estão no mercado norte-americano, enquanto que RIM e Apple ficam com 27% cada uma. No estudo, é informado que a RIM foi a empresa que mais perdeu clientes, apesar de que Microsoft e Palm também registraram perdas de usuários nos últimos meses.

A segunda notícia é que o game para dispositivos móveis mais popular do planeta, o Angry Birds, registrou mais de 30 milhões de downloads para dispositivos Android. A grande novidade da notícia é que, diferente de outros aplicativos, cerca de 80% dos usuários que fizeram o download continuam jogando o game. A maioria dos usuários baixa um aplicativo, usa uma vez, e não volta mais. Porém, como o Angry Birds é um jogo legal, e no caso do Android, é grátis, você é estimulado a voltar a jogar sempre.

via comScore, Nielsen e Joystiq