O Samsung Galaxy Note 9 com certeza vai acabar com aquele problema de espaço de armazenamento que tanto incomoda a muitos usuários de smartphones. A necessidade de apagar conteúdos salvos ou remover aplicativos para instalar arquivos importantes ou novos jogos é algo simplesmente inexistente com este dispositivo.

Você ainda poderia apelar para o uso de um cartão de memória para expandir a capacidade de armazenamento do smartphone. Porém, em algumas oportunidades eu recomendei que, se você puder (e se o seu dinheiro deixar), adquire mais armazenamento nativo no próprio dispositivo.

Os cartões de memória são mais que bem vindos, pois são práticos de usar e relativamente baratos. Mas particularmente eu prefiro o armazenamento nativo, pela consistência e velocidade de leitura e gravação de dados.

Pensando em tudo isso, a Samsung não só ampliou a capacidade de armazenamento do Galaxy Note 9, como também otimizou o recurso. E a combinação dos dois detalhes resolve de forma plena o problema de espaço de armazenamento insuficiente no seu smartphone.

O Note 9 está disponível em duas versões, com 128 GB e 512 GB de armazenamento. Você pode escolher a versão que melhor se adapta às suas necessidades.

 

 

O modelo com 128 GB oferece espaço suficiente para aproximadamente 545 vídeos em Full HD, ou 22 mil fotos. Já os 512 GB de dados pode armazenar 2.315 vídeos em Full HD, ou mais de 93 mil fotos. Combinando com o cartão de memoria, você nunca mais vai ter problemas de espaço livre de armazenamento.

Porém, a Samsung sabe que, conforme você utiliza o dispositivo, mas espaço de armazenamento você vai precisar. Por isso, o armazenamento microSD do dispositivo suporta até 512 GB, totalizando até 1.000 GB.

Em resumo: o Samsung Galaxy Note 9 é um computador de bolso. Literalmente. Você pode levar o seu escritório consigo o tempo todo, e sem deixar nada de lado. É um dos melhores smartphones de 2018 nesse aspecto.