Wetten.com Brasil Apostas
Home » Internet » Quanto dinheiro ganha no Spotify uma canção com 1 milhão de reproduções

Quanto dinheiro ganha no Spotify uma canção com 1 milhão de reproduções

Compartilhe

Se você sempre quis saber quanto ganha uma música no Spotify que conta com 1 milhão de reproduções, a resposta está nesse post. Bom, uma resposta aproximada, pois alguns fatores podem influenciar nesse valor.

Como o Spotify tem presença global, os fatores que determinam os ganhos para cada milhão de reproduções no serviço podem variar de país para país. É claro que o sucesso do artista ajuda, mas pode acontecer que os ganhos não sejam tão expressivos assim, mesmo com uma marca milionária.

 

 

 

Quanto ganha uma música com 1 milhão de reproduções no Spotify

 

 

O principal fator para ganhar dinheiro no Spotify é o número de reproduções de uma música, e não o número de ouvintes mensais de um artista. Dito isso, não dá para saber quanto que a plataforma de música por streaming paga por cada reprodução de uma música, pois os fatores variam muito caso a caso.

Primeiro, porque as taxas do Spotify não são claras, com informações limitadas. Além disso, os preços por cada reprodução mudam em função do país, do tipo de usuário e do tempo de reprodução. Artistas norte-americanos ganham mais dinheiro que os brasileiros, já que a publicidade nos Estados Unidos funciona de forma diferente em relação ao resto do mundo.

A hora do dia da reprodução da música, o tráfego de dados gerados pelo artista e o tempo de reprodução da música também influenciam nesse valor. Por exemplo, se a canção é ouvida pelo usuário por menos de 30 segundos, ela não conta como uma reprodução completa.

O tipo de usuário que reproduz a música também é importante, onde um usuário premium rende mais do que o usuário gratuito.

 

 

 

Traduzindo as teorias em números

 

 

Uma canção que tem 1 milhão de reproduções na Europa pode ganhar aproximadamente 4.000 euros, ou 0.004 euros por reprodução. Aqui, o Spotify gerencia as receitas geradas por contas gratuitas e premium, além da publicidade que aparece nas contas gratuitas.

O Spotify não paga o dinheiro diretamente para os artistas, mas sim para distribuidoras, gravadoras ou editoras, que repassam o dinheiro para o cantor… resgatando parte dos lucros para si, evidentemente.

Por fim, o Spotify também paga para outros membros da indústria fonográfica, como compositores, produtores e outros. Se um cantor é também o compositor e o produtor da canção, seus lucros dentro da plataforma são maiores.


Compartilhe