Wetten.com Brasil Apostas
Você está em | Home | Dicas, Truques e Macetes | Quanta RAM o Google Chrome consome no Windows 10?

Quanta RAM o Google Chrome consome no Windows 10?

Compartilhe

No passado, o Google Chrome era considerado o “devorador de RAM” nos computadores com Windows. Porém, com a chegada do Windows 10 absurdamente otimizado, e com as melhorias implementadas pela gigante de Mountain View no seu navegador web, este cenário mudou bastante nos últimos anos.

Porém, sempre fica aquela dúvida para muitas pessoas: quanto de RAM que o Google Chrome realmente consome?

Neste post, vamos mostrar essa informação, e comentar um pouco sobre as melhorias do Google no Chrome 89 para reduzir o consumo de RAM e, ao mesmo tempo, elevar o desempenho da navegação web.

 

 

 

Como ver quanta RAM usa o Google Chrome?

Descobrir o consumo de RAM do seu navegador web – neste caso, o Google Chrome – pode ser algo muito importante para os usuários que contam com computadores com configurações de hardware mais limitadas e recursos restritos para as tarefas mais básicas.

Para descobrir essa informação, é preciso revisar as informações do Administrador de Tarefas do Windows 10.

E para acessar esse item, basta utilizar a combinação das teclas CTRL + SHIFT + ESC.

Ao executar esse comando, vai abrir uma nova janela onde as informações da RAM serão apresentadas em detalhes. E, dessa forma, você vai descobrir o quanto de memória o Google Chrome está consumindo naquele momento.

Dependendo dos dados apresentados, é hora de tomar providências. E uma das providências mais simples e eficientes é atualizar o navegador web.

 

 

 

Dê maior atenção para as atualizações do Google Chrome

As últimas atualizações do Google Chrome mostram que a gigante de Mountain View segue trabalhando pesado nas melhorias do seu navegador web. E uma prova clara do que estou falando está na redução de consumo de RAM que pode ser detectada nas novas versões.

O Chrome 89, uma das recentes versões do navegador web desenvolvido pelo Google, já mostra em resultados preliminares que o consumo desse software no Windows 10 já reduziu em pelo menos 22%, ou algo próximo aos 100 MB para cada aba aberta.

Tal otimização acontece por conta do suporte ‘PartitionAlloc-everywhere’ integrado no Chrome 89.

Ele reduz o consumo de RAM e, ao mesmo tempo pode carregar as páginas web mais rápido.

O principal ganho que o recurso ‘PartitionAlloc-everywhere’ oferece é uma melhor administração da memória que, por consequência disso, entrega uma melhor administração da potência do processador.

Além disso, o Google Chrome 89 entrega as seguintes melhorias ao Windows 10:

 

  • Inicialização até 25% mais rápida e melhor resposta.
  • Carregamento mais rápido de sites (até 7% a mais).
  • Melhor gerenciamento do consumo de energia do processador.
  • Redução de memória no nível do renderizador em 8% e em 3% no nível da GPU.

Compartilhe