Início » Dicas, Truques e Macetes » Quanta RAM necessita ter um PC em 2019?

Quanta RAM necessita ter um PC em 2019?

Compartilhe

A RAM é um componente essencial para qualquer dispositivo eletrônico, especialmente nos computadores pessoais para gerenciar dados do sistema operacional e aplicativos que são executados.

No último trimestre, o preço da RAM registrou os seus menores valores desde 2016, após três anos de altas de preços que chegaram a duplicar, e isso repercutiu de forma impactante no mercado de PCs. Agora, com os valores mais baixos, as pessoas pensam na atualização dos seus equipamentos, e se perguntam se vale a pena aumentar a capacidade de RAM para melhorar o desempenho dos seus computadores atuais.

 

 

Quanta RAM necessita um PC atual?

 

Levando em conta que qualquer componente do PC faz uso da RAM, é preciso ter pelo menos uma capacidade mínima que permite trabalhar com o equipamento. Mas… o quanto isso é considerado razoável? Nesse post, apresentamos uma ideia do que pode ser, mas cada usuário e equipamento é um universo em particular, e tudo vai depender muito do uso que você dá ao equipamento.

 

 

 

1 GB

 

O mínimo estabelecido pela Microsoft para usar o Windows 10 32 bits e, ainda assim, entrega uma experiência lamentável. Para quem tem um netbook ou similar, terá que buscar um segundo módulo.

 

 

2 GB

 

O mínimo estabelecido pela Microsoft para o Windows 10 64 bits, e é o mínimo que você deve considerar para qualquer Windows. É o suficiente para operações básicas, como navegação web (com poucas abas abertas), e-mails, processamento de textos ou multimídia básica.

 

 

4 GB

 

É como passar da noite para o dia em relação aos 2 GB. Tudo é executado mais rápido, você pode executar mais apps de forma simultânea, e permite várias abas abertas no Chrome. Apps mais avançados como o Photoshop podem ser executados (na teoria). Lembrando que no Windows 10 32 bits você só pode usar 3.2 GB de RAM, por causa das limitações de direcionamento de memória. Já na versão de 64 bits, os 4 GB estão disponíveis.

 

 

8 GB

 

O padrão atual nos PCs de linha média, e é o mínimo que você deve ter em um computador em 2019. É a quantidade recomendada para apps como Creative Cloud e aplicativos de edição e renderização de fotos e vídeos com resolução máxima de Full HD. É item obrigatório os sistemas de 64 bits para gerenciar toda essa memória.

 

 

16 GB

 

É para equipamentos avançados novos, ou para modelos antigos que podem receber 8 GB de RAM adicionais. Aqui, já dá para trabalhar com apps profissionais como CAD e 3D, processamento de imagens em RAW ou vídeos 4K como o Premiere Pro ou After Effects. A multitarefa aqui é plena, e quase não há limites nas abas dos navegadores web.

 

 

32 GB ou mais

 

A partir daqui, você tem tudo o que os 16 GB de RAM já entregam, além das soluções de máquinas virtuais e realidade virtual. 32 GB de RAM é o máximo recomendado para um equipamento de consumo. Se você usa o PC para fins profissionais e precisa de mais, algumas workstations contam com 64 ou 128 GB de RAM. Em desktops, o padrão máximo de consumo varia entre 32 e 64 GB, enquanto que em estações de trabalho profissionais de mesa podem contar com limites de RAM estratosféricos. As versões Windows 10 Pro, Education e Enterprise podem gerenciar até 2 TB de RAM, enquanto que o Windows 10 Home (todas as versões em 64 bits) recebem até 128 GB de RAM.

 

 

E em um PC para jogos?

 

 

Essa é uma conversa à parte. Muitos dos grandes jogos são multiplataforma. Levando em conta que PS4 e Xbox One contam com 8 GB de RAM, não é surpresa ver que a recomendação para os grandes jogos do PC já exigem os 16 GB de RAM.

Os 8 GB recomendados se aplicam a equipamentos que contam com placas gráficas dedicadas que incluem a sua própria memória. Se o equipamento possui gráficos integrados, a questão pode variar.

Placas gráficas dedicadas podem receber a sua RAM de vídeo (VRAM), e são úteis na hora de carregar texturas, trabalhando de forma independente da memória RAM. Já os gráficos integrados utilizam a RAM geral do sistema.

A quantidade máxima de RAM que os gráficos integrados podem reservar nos chips Intel é de 1.8 GB, algo que é preciso levar em consideração na hora de avaliar a sua necessidade de memória. Em todo caso, a recomendação média de 8 GB é válida também para as placas integradas, sabendo que os jogos top de linha serão praticamente inutilizáveis em uma placa gráfica integrada, e que necessitam de uma placa gráfica dedicada, com a sua memória própria.


Compartilhe