A Qualcomm apresentou oficialmente o Snapdragon 855, novo processador que se fará presente na maioria dos smartphones top de linha dos principais fabricantes em 2019.

Ele substitui o Snapdragon 845, o chip mais potente da Qualcomm para 2018. Inicialmente chamado de Snapdragon 8150, ele segue a nomenclatura habitual da marca. E nesse post, vamos conhecer as melhorias introduzidas no Snapdragon 855, assim como as suas características mais importantes.

 

 

Os 7 nanômetros chegam aos processadores da Qualcomm

 

 

O Qualcomm Snapdragon 855 segue os passos do Apple A12 Bionic e do Huawei Kirin 980, com fabricação produzido pela TSMC de 7 nanômetros, o que resulta em uma importante melhoria de desempenho e eficiência energética.

A Qualcomm optou por um grupo formato por quatro núcleos a 1.8 GHz, sendo quatro núcleos com arquitetura Cortex ARM de baixo consumo para as tarefas menos exigentes, e três núcleos de alto desempenho a 2.4 GHz. Um núcleo único de 2.8 GHz completa os oito núcleos distribuídos em um desenho tri-cluster.

O chip recebe a GPU Adreno 640, que promete uma melhoria de desempenho de até 30%.

 

 

O primeiro Snapdragon com NPU dedicada

O Snapdragon 855 triplica a potência em inteligência artificial, graças a incorporação de uma NPU dedicada, que melhora os resultados em fotografia e vídeo.

Esse chip gráfico integra algoritmos de fotografia computacional, que melhora recursos como o modo retrato e cenas registradas com baixa luminosidade. Além disso, a ferramenta Elite Gaming da Qualcomm promete melhorar a experiência de jogos no smartphone.

O Snapdragon 855 está otimizado para o leitor de digitais ultrassônico da Qualcomm, que pode ser incorporado abaixo da tela e que já está presente em modelos de vários fabricantes. E esta é uma das tendências para os dispositivos de 2019.

 

 

Conectando o mundo com o 5G, mas sem se esquecer do 4G

 

 

O 5G deve dar a sua largada em 2019, e o Snapdragon 855 está preparado para ele, com a incorporação do seu modem X50, que possui suporte para velocidades de até 5 Gbps. O processador também vai trabalhar melhor com as redes 4G com outro modem, o X24, com velocidades de até 2 Gbps.

A Qualcomm também anunciou que em 2019 as redes 5G começam a ser distribuídas na Europa, Japão, Coreia do Sul, Austrália, EUA e China, e que está investindo nos primeiros testes, que começaram a dar resultados. Também confirmou que no primeiro semestre de 2019 veremos os primeiros smartphones com 5G via Snapdragon 855 em seu interior.