PS5 vs Xbox Series X: comparativo com Devil May Cry 5 | TargetHD.net
TargetHD.net | Notícias, Dicas e Reviews de Tecnologia
Press "Enter" to skip to content
Wetten.com Brasil Apostas
Você está em | Home | Games | PS5 vs Xbox Series X: comparativo com Devil May Cry 5

PS5 vs Xbox Series X: comparativo com Devil May Cry 5

Compartilhe

Com a chegada dos novos consoles PS5, Xbox Series X e Xbos Series S no mercado, chegou a hora de fazer as comparações práticas, realizadas no mundo real. O site Eurogamer fez um comparativo que mostra como os jogos disponíveis nas duas plataformas se comportam nos diferentes consoles.

E o game mais neutro para forçar os consoles no seu desempenho máximo não poderia ser outro senão Devil May Cry 5 Special Edition. Essa adaptação conta com melhorias gráficas e de desempenho que são praticamente idênticas nos dois consoles, com um modo normal que executa o jogo a 4K na resolução nativa, modos de desmpenho e qualidade com e sem tracejado de raios, modo de alta velocidade de fotogramas por segundo com uma taxa de atualização de até 120 Hz e desbloqueio dos fps do jogo para ir além das 60 imagens por segundo.

Vamos então aos resultados do comparativo

 

 

 

Modo normal

 

 

Modo que funciona com a renderização da resolução Full HD para 3840 x 2160 pixels a 60 fps, mas podendo acontecer algumas quedas nas cut scenes.

No modo normal, o Xbox Series X é sim mais rápido que o PS5, mas com uma diferença de apenas 8%. Dito isso, o salto de uma geração para outra é notável, já que o PS4 Pro usa técnicas de reconstrução de imagens para alcançar o 1080p, enquanto que o Xbox One X utilizou a mesma reconstrução para entregar o 4K.

 

 

 

Modo de alta velocidade de fotogramas

 

 

Modo que conserva a mesma resolução objetivo 4K, mas faz isso usando a técnica de reconstrução de imagens e upscalling inteligente a partir de uma resolução nativa menor.

 

 

Os dois consoles entregaram uma taxa média de 100 fps. Porém, na prática, o Xbox conserva uma vantagem nas cut scenes e em alguns conteúdos do jogo. Aqui, de novo, a diferença é mínima, com um PS5 significativamente mais rápido e consistente em termos geral. Tudo indica que deve ter algum gargalo na API que afeta o desempenho do Xbox.

 

 

 

Modo de desempenho de tracejado de raios

 

 

Modo que executa o 1080p nativo, com execução de velocidade de quadro similares ao modo normal.

Nas cenas de cinemáticas, o Xbox Series X tem uma vantagem de desempenho muito pequena, onde o PS5 toma a dianteira em outros momentos pontuais dos combates e outras cenas de cortes, com picos repentinos de desempenho. De modo geral, encontramos diferenças mais baixas do que as vistas no modo normal, onde se conclui que o desempenho é essencialmente o mesmo para os dois consoles.

 

 

 

Modo de qualidade de tracejado de raios

 

 

Aqui, a resolução aumenta até os 3840 x 2160 pixels, mas utilizando a mesma técnica de reconstrução de imagens utilizada no modo de alta velocidade de fotogramas para melhorar o desempenho. O impacto do Ray Tracing é notável, com uma experiência de jogo centrada abaixo dos 60 fps.

No papel, o PS5 consegue igualar o desempenho em boa parte do tempo, enquanto que em outras cenas está apenas 4-5 fps atrás do Xbox. Porém, é difícil dizer o quão essa diferença pode impactar na experiência do jogo. Mas é fato que o Xbox Series X possui uma pequena vantagem.

 

 

 

Conclusões

 

 

Considerando tudo o que foi dito, ou o PS5 está superando o seu próprio peso, ou o Xbox Series X não está entregando todo o potencial prometido. Vale mencionar que Devil May Cry 5 Special Edition usa uma versão melhorada do seu motor original, e tudo indica que o jogo não utiliza as características mais avançadas do RDNA 2, como o sombreado de velocidade variável (a Capcom precisa confirmar essa informação).

Porém, mesmo sem utilizar esta arquitetura, o Xbox parece ter uma vantagem consistente, ainda que muito pequena, em três dos quatro modos, só ficando para trás no modo de alta velocidade de quadros. Por outro lado, o uso de Devil May Cry 5 como ponto de referência acontece porque os desenvolvedores apontam que os 120 Hz será a frequência de atualização padrão para os consoles de nova geração, o que pode ser uma péssima notícia para a experiência de jogo no PS5.

No console da Sony, a saída de 120 Hz é limitada em qualquer tela, independente da resolução, com uma redução de escala a 1440p. E isso é algo que os usuários do PS5 não poderão controlar.

 

 

 

Via Eurogamer


Compartilhe