PowerPoint não é mais o queridinho entre as empresas. Por que isso está acontecendo? | TargetHD.net
TargetHD.net | Notícias, Dicas e Reviews de Tecnologia PowerPoint não é mais o queridinho entre as empresas. Por que isso está acontecendo? | TargetHD.net Press "Enter" to skip to content
Wetten.com Brasil Apostas
Você está em | Home | Software | PowerPoint não é mais o queridinho entre as empresas. Por que isso está acontecendo?

PowerPoint não é mais o queridinho entre as empresas. Por que isso está acontecendo?

Compartilhe

Se você é uma daquelas pessoas que percebeu que, no passado, o PowerPoint era utilizado em demasia, mas hoje ele está um pouco esquecido, saiba que essa não é uma mania de perseguição da sua parte, e que você não está sozinho nessa percepção.

Apesar da enorme popularidade e facilidade de uso do software que é parte da suíte de escritório Microsoft Office, as empresas estão claramente se distanciando do PowerPoint. Isso tem uma explicação, e nesse post vamos abordar esse tema.

Na verdade, não é o TargetHD.net que resolve esse mistério, mas sim o portal Pymes.

 

 

Tudo é uma questão de introspectiva

 

 

O grande problema do PowerPoint é justamente essa facilidade de uso e sua simplicidade. Vou traduzir: quanto mais cômodo é um programa, menor é o esforço exigido daqueles que o utilizam. Ou seja, o PowerPoint tem tantas ações pré-configuradas, que o profissional médio as utiliza a ponto de ficar de saco cheio delas.

Esse aborrecimento impede que sejam criadas apresentações importantes de forma dinâmica, onde tudo fica muito repetitivo. Por isso, o grande problema desse software não vem diretamente das suas funções, mas sim da falta de criatividade que ele entrega para o usuário.

Este pequeno, mas muito importante detalhe, é o que faz com que o PowerPoint não seja tão utilizado em 2019 como era no passado. Já que para realizar uma apresentação de qualidade, é preciso que a mesma seja chamativa e dinâmica, e não que tenha o mesmo design de uma apresentação criada em 2004.

Logo, se você ou a empresa onde você trabalha não tem mais o PowerPoint instalado no computador, é melhor começar a se perguntar sobre o que está acontecendo. Por outro lado, não podemos desconsiderar por completo o fato que ninguém mais quer pagar pelas licenças de produtos originais. É claro que o fato da perda de criatividade diante de um software é uma explicação interessante, mas soa mais como pretexto ou desculpa para não pagar pelas licenças. Os motivos podem variar de empresa para empresa e entre os diferentes perfis de usuários, mas ninguém pode garantir que todos estão caindo no mesmo caso.

E para você? Parou de usar o PowerPoint por causa da monotonia ou porque o bolso dói na hora de pagar?


Compartilhe