TargetHD.net | Notícias, Dicas e Reviews de Tecnologia Por que os valores de aluguel de filmes no Claro TV+ são tão diferentes? | TargetHD.net Press "Enter" to skip to content
Wetten.com Brasil Apostas
Você está em | Home | TV Por Assinatura e Streaming | Por que os valores de aluguel de filmes no Claro TV+ são tão diferentes?

Por que os valores de aluguel de filmes no Claro TV+ são tão diferentes?

Compartilhe

O Claro TV+ é o serviço de TV por streaming e vídeos on demand da Claro que chegou para substituir o finado NOW. O principal objetivo da operadora com essa nova marca foi eliminar o último resquício que ainda existia da finada NET (que, para muitos, deixa saudades).

Assim como acontecia com o antigo NOW, o Claro TV+  conta com o aluguel de filmes sob demanda, o que permite que os usuários da operadora assistam a lançamentos recentes e outros títulos no conforto de sua casa, dispensando a ida ao cinema para aqueles que contam com algum tipo de paciência para esperar aquele filme encerrar o seu ciclo de vida comercial.

O que muitos usuários não entendem é a dinâmica de preços dos conteúdos disponíveis para alugar ou comprar no Claro TV+. Diferentes conteúdos contam com preços diferentes, e isso pode desanimar os mais entusiasmados em assistir aquele filme tão esperado.

Neste post, vamos explicar os diferentes preços cobrados pelo aluguel de filmes no Claro TV+. Dessa forma, você poderá alugar os conteúdos de forma mais consciente e entendendo melhor como seu dinheiro é gasto no serviço.

 

Como funciona o aluguel de filmes no Claro TV+

Se você era um usuário do NET NOW, a mecânica de funcionamento dos filmes sob demanda do Claro TV+ não tem nenhuma novidade, já que não existem alterações neste aspecto.

Os filmes estão disponíveis na plataforma para aluguel ou compra individual, tal e como acontece no YouTube e outros serviços similares. Você seleciona o item e, dependendo da escolha, pode assistir ao conteúdo quantas vezes quiser em ate 48 horas após a primeira execução, ou de forma permanente, comprando o item dentro da sua assinatura.

Ou seja, a mecânica de aluguel ou compra de um conteúdo on demand é exatamente a mesma de qualquer outro serviço disponível no mercado.

O grande “problema” do Claro TV+ (e isso não é um problema, pois é a característica da plataforma como um todo) é que os filmes contam com diferentes valores de aluguel, que podem variar de acordo com a modalidade que aquele conteúdo recebe na plataforma.

 

Por que os preços dos conteúdos on demand do Claro TV+ são tão diferentes?

Para explicar melhor o que acontece com os conteúdos on demand no Claro TV+, vamos usar como exemplo o filme “Elvis”, um dos mais aclamados de 2022 que recém chegou na plataforma. A regra desse filme vale para todos os outros que estão disponíveis no serviço.

Pelo menos até 2 de setembro de 2022, o filme “Elvis” estará disponível no Claro TV+ de forma exclusiva. Depois disso, muito provavelmente estará disponível na plataforma Star+, que é onde os filmes da 20th Century Studios estreiam nas plataformas digitais.

Para quem não é assinante do Star+ e não pretende esperar para ver o longa estrelado por Austin Butler e Tom Hanks, se prepare para desembolsar R$ 49,90 pelo aluguel de “Elvis”. Neste primeiro momento, o filme fica na categoria de SUPER LANÇAMENTO, ou seja, aquelas estreias com maior destaque, ou que estão saindo das salas de cinema e chegam ao streaming de forma imediata.

“Elvis” terá esse status de SUPER LANÇAMENTO no Claro TV+ até o dia 29 de setembro. Depois disso, o filme muda de categoria, e passa a ser um PRÉ-LANÇAMENTO. Para o assinante, a principal mudança está no preço sugerido para aluguel do filme, que passa a cobrar R$ 18,90 pelo período de exibição de 48 horas após a primeira execução.

O filme dirigido por Baz Luhrmann (Vem Dançar Comigo e Moulin Rouge) recebe o status de PRÉ-LANÇAMENTO durante os dias 30 de setembro e 3 de novembro de 2022.

E os mais pacientes poderão assistir ao filme “Elvis” pagando o menor preço possível cobrado pela Claro a partir de 4 de novembro de 2022. Neste dia, o longa recebe o status de LANÇAMENTO PADRÃO, e passa a custar o mesmo valor sugerido para a grande maioria dos conteúdos disponíveis dentro da plataforma: R$ 14,90.

 

Conclusão

Agora que você sabe quais são as principais diferenças de valores dentro das categorias de aluguel de conteúdo no Claro TV+, pode programar qual é o melhor período para alugar aquele filme que você esperou o fim do seu ciclo nos cinemas para poder assistir no conforto da sua casa, na tela de sua Smart TV LG OLED C1 (é o meu caso), e com pipoca e refrigerante custando muito menos do que os valores absurdos cobrados nas bombonieres.

A solução de aluguel de filmes on demand pode ser a mais recomendada para aqueles usuários que são pacientes o suficiente para esperar o frenesi de uma estreia passar, ou para quem já investe nessas plataformas de entretenimento doméstico.

É claro que a experiência de ver filmes em casa não substitui tudo o que o cinema pode nos oferecer em termos de ambientação e imersão. Porém, se colocarmos todas as despesas inerentes à ida ao cinema e multiplicarmos por 2, 3 ou 4, fica fácil entender por que soluções como o Claro TV+ podem ser vantajosas para um grande grupo de usuários.

Nem todas as cidades brasileiras contam com salas de cinema, e na grande maioria dos casos os preços são abusivos. Se você não contratar um bom programa de fidelidade, simplesmente não consegue ir ao cinema. E, mesmo assim, os custos com deslocamento, estacionamento em shoppings e comida dentro das salas não ajudam a equacionar a conta.

Ou seja, para muitos, esperar dois meses para ver um filme incrível tende a ser muito mais vantajoso. E o Claro TV+ é apenas uma das alternativas disponíveis para os mais pacientes.


Compartilhe