Por que o Xiaomi Redmi 9C é quase perfeito? | TargetHD.net
TargetHD.net | Notícias, Dicas e Reviews de Tecnologia Por que o Xiaomi Redmi 9C é quase perfeito? | TargetHD.net Press "Enter" to skip to content
Wetten.com Brasil Apostas
Você está em | Home | Smartphones | Por que o Xiaomi Redmi 9C é quase perfeito?

Por que o Xiaomi Redmi 9C é quase perfeito?

Compartilhe

Por que um smartphone básico como o Xiaomi Redmi 9C seria quase perfeito? Um dispositivo de entrada pode surpreender tanto assim?

Talvez.

O modelo entrega alguns detalhes que estão acima da média para a sua faixa de preço, como uma tela HD+, desbloqueio facial e uma generosa bateria de 5.000 mAh. E esses são elementos que podem chamar a atenção de muitos usuários que desejam um bom telefone mas não querem pagar muito por isso.

Por outro lado, é preciso deixar claro que este é um telefone pensado para o básico: redes sociais, WhatsApp, navegação na web e alguns jogos causais. Não espere nada mais elaborado nas especificações, e nem precisa ser assim. O Xiaomi Redmi 9C entrega o básico para atender aos usuários menos exigentes.

Nesse post, destacamos os motivos que justificam a afirmação que o Xiaomi Redmi 9C é quase perfeito.

 

 

 

A grande bateria de 5.000 mAh

 

 

A autonomia de bateria é um item muito valorizado, mais do que outros elementos. Depender do carregador é um problema, e uma das apostas dos fabricantes é oferecer modelos de entrada com generosa autonomia de uso.

É o exemplo do Xiaomi Redmi 9C, que conta com 5.000 mAh de bateria, o que garante uma autonomia de uso maior do que o normal, até mesmo para um modelo de entrada. Isso acontece porque a tela HD+ e o chip menos potente fazem com que o consumo de energia seja menor que o normal.

Mesmo sem contar com um modo de recarga rápida, isso não é um problema. Sua longa autonomia compensa.

 

 

 

Apenas 32 GB de armazenamento, mas com microSD

 

 

Nos acostumamos a receber smartphones com 128 GB como mínimo para o armazenamento nativo, mas ainda existem alguns modelos de entrada com 64 GB e, no caso do Xiaomi Redmi 9C, com apenas 32 GB. Aqui, o slot microSD é algo imprescindível.

Por isso, o problema do armazenamento é amenizado, e isso é excelente para os usuários que estão interessados nesse modelo.

 

 

 

Tela muito grande e com muito brilho

 

 

O Xiaomi Redmi 9C tem uma tela com nada menos que 6.53 polegadas, o que é bem vindo para ver vídeos e interagir com o sistema operacional. Sem falar que o teclado virtual entrega teclas amplas, o que facilita na hora de digitar conteúdos.

Sua resolução HD+ e os mais de 400 nits de brilho devem entregar uma boa visualização mesmo em dias de sol forte, eliminando um problema que é comum nos produtos dentro dessa categoria. de preço. E seu notch é menos invasivo que os modelos dentro dessa faixa de preço.

 

 

 

Desbloqueio facial

 

 

O Xiaomi Redmi 9C conta com o bloqueio facial como única forma de desbloqueio rápido do telefone, já que ele não possui um leitor de digitais capacitivo ou na tela. Pode ser uma vantagem? Sim. Mas também é um inconveniente. Porém… sinal dos tempos: é mais um sinal claro que os leitores por digital podem estar em extinção.

 

 

 

Quatro câmeras

 

 

Por fim, o Xiaomi Redmi 9C possui uma câmera traseira quádrupla, algo incomum para um telefone de entrada. Isso oferece uma maior versatilidade nas fotos, com um zoom e um modo retrato dedicado. Porém, temos que entender que isso não significa que teremos fotos de maior qualidade, já que estamos diante de um telefone de entrada com algumas limitações. Mas ao menos podemos fazer melhores fotos em diferentes situações, o que já é um ganho de alguma forma.


Compartilhe