Para começo de conversa, não foi só a Huawei. A ZTE passou pela mesma situação no ano passado, e pode passar pelo mesmo de novo, ainda mais com o seu histórico. Porém, a ZTE admitiu que conspirou na distribuição de produtos no Irã, o que resultou no pagamento de uma generosa multa para os Estados Unidos e a mesma proibição de compra de componentes de empresas norte-americanas.

Isso obrigou a suspensão de atividades comerciais da ZTE em todo o planeta, até que Trump finalmente decidisse levantar o bloqueio à empresa sob condições. Condições essas que podem ser alteradas com essa nova ordem executiva.

Diferente das demais marcas chinesas, a Huawei tem presença comercial nos Estados Unidos, e não está dedicada à instalação e manutenção de redes de comunicações, o setor mais suscetível a espionagens (segundo Donald Trump). Da mesma forma, a Huawei conta com presença comercial na Europa e está diretamente envolvida nos equipamentos de redes sem fio. Todas as demais marcas chinesas (Xiaomi, Oppo, OnePlus, Vivo, etc) não se enquadram nos dois casos onde a Huawei está se complicando nesse momento pelas mãos do governo dos Estados Unidos.

Ou seja, cenários diferentes para situações diferentes.

 

 

O veto pode atingir a todos com o passar do tempo

 

Porém, como esse bloqueio comercial pode um dia afetar aos concorrentes diretos da Xiaomi, não é de se estranhar a possibilidade das co-irmãs se unirem para proteger aquela que hoje é a segunda maior vendedora de smartphones do mundo, mas também defender todo um coletivo de fabricantes, uma vez que este é um cenário que vai ter reflexo para todos, inclusive para a Apple, que tem na China um dos seus maiores mercados.

O cenário para a Huawei é complexo e problemático, mas a médio prazo pode afetar a todo um setor de tecnologia. Mesmo que o segredo esteja em uma ‘lista negra’ de Trump, o que impede que outras sanções vindas do presidente dos Estados Unidos afetem outros fabricantes e parceiros comerciais de marcas norte-americanas?

Trump tomou uma decisão estúpida, e todo um setor pode desmontar por causa disso. Vamos acompanhar com atenção os próximos acontecimentos.