Press "Enter" to skip to content
Você está em | Home | Games | Por que o PS5 Pro já é odiado pelos gamers

Por que o PS5 Pro já é odiado pelos gamers

Compartilhe

Nem sempre ter o melhor pode ser algo bom. Por exemplo, ser o melhor em roubar dinheiro da população brasileira ou o melhor em perder o protótipo do iPhone não são coisas tão boas assim.

Portanto, calcule bem onde você é bom. Nem sempre isso vai te ajudar.

Enfim, os vazamentos sobre o PlayStation 5 Pro são reais, o console pode chegar ao mercado até o final de 2024 (ou começo de 2025), e essa simples confirmação deixou uma leva de atuais proprietários do PlayStation 5 simplesmente furiosos.

E motivos para a fúria não faltam.

 

Como será o PS5 Pro?

O PS5 Pro recebia o nome de código interno “Trinity”, e tem os seus primeiros rumores revelados desde o início de 2023 (pelo menos). Agora, sabemos que suas especificações técnicas são reais. E se chegar ao mercado desse jeito, ele vem chutando bundas, como uma espécie de Godzilla, mas com orçamento generoso.

Entre as especificações técnicas reveladas sobre o futuro PlayStation 5 Pro, destacamos as seguintes:

  • Renderização 45% mais rápida que o PS5
  • 2-3x Ray-tracing (x4 em alguns casos)
  • 33,5 Teraflops
  • Solução de upscaling/antialiasing PSSR (PlayStation Spectral Super Resolution Upscaling)
  • O suporte para resoluções de até 8K está planejado para a versão futura do SDK
  • Arquitetura de aprendizado de máquina personalizada
  • AI Accelerator, suportando 300 TOPS de computação de 8 bits / 67 TFLOPS de ponto flutuante de 16 bits

Ou seja, o foco desse console é mais do que claro: finalmente entregar o 4K a 120 FPS que a Sony sempre prometeu para o PS5, mas nunca entregou.

OK, tudo isso é ótimo. Mas… por que então tem uma galera furiosa com esse vazamento?

 

É muito irritante se sentir enganado…

A regra aqui vale tanto para os proprietários do PS5 quanto para os gamers do Xbox Series X, pois entendo que estão todos no mesmo barco.

Os consoles da atual geração prometeram gráficos incríveis, explorando o 4K e os 120 FPS nos jogos mais avançados. No caso do produto da Sony, ainda tinha o trunfo dos títulos exclusivos, que são melhores que os jogos exclusivos da Microsoft.

Acontece que essa atual geração já tem quatro anos de vida, e não entregou o que prometeu. Até o presente momento, os jogos em 4K são raros (para não dizer inexistentes), e quando existem só podem rodar a 60 FPS.

No caso da Sony, nem mesmo os títulos exclusivos estão apenas no PS5, já que o PS4 ainda dá um belo caldo, tanto no desempenho quanto na presença de mercado. E a Sony não quer dispensar a vencedora geração anterior tão cedo.

Nem a Sony, nem os desenvolvedores de jogos, que estão pensando nas vendas dos produtos.

Agora, com a confirmação que o PS5 Pro chega para finalmente entregar aquilo que o PS5 nunca fez, milhões de jogadores ao redor do mundo se sentem enganados pela Sony, pois gastaram uma grana no atual console para ver o tempo passar e jogar os títulos com a mesma qualidade do PS4…

…e poderiam ter economizado um bom dinheiro com isso.

 

E agora, José?

E agora é que quem comprou um PS5 acreditando que tinha um “console de videogames de última geração” pode se considerar um autêntico trouxa, pois foi enganado pelo estelionato mediático da Sony.

O PS5 Pro é um console intermediário que até tem cara de console de nova geração, pois transforma o PS5 em um PS4 Pro de luxo, em uma carcaça grande e estranha, que basicamente se valeu dos jogos que rodam no PS4 sem maiores problemas.

Algo parecido acontece com quem comprou o Xbox Series X, mas que não fica tão na cara porque a Microsoft ao menos deixou claro que os gamers que investiram no Series S estavam aceitando que não teriam o mesmo resultado final dos gráficos e no desempenho dos jogos.

Mesmo assim, a Microsoft também não cumpriu com o prometido, e o Series X também se travestiu de One X com formato de cubo. E o próximo console Xbox tem tudo para finalmente entregar jogos em 4K com maior fluidez.

Eu entendo a revolta dos gamers com a confirmação das especificações técnicas do PS5 Pro. A pior coisa que pode acontecer na vida é se sentir um trouxa. Ou perceber que alguém fez você de trouxa por causa de dinheiro.

E tenho sérias dúvidas se a Sony fez um movimento correto ao não entregar para os jogadores os títulos de alta qualidade de imagem que prometeu em 2020. Tudo bem, eu entendo que tudo ficou complicado durante a pandemia. Mas não venha me dizer que não dava para cumprir tais promessas ao longo de quatro anos.

A impressão que fica é que Sony e Microsoft sabiam que não podiam entregar tudo o que prometeram, pois precisavam de mais tempo para desenvolver um console capaz de lidar com os gráficos ultrarrealistas dos títulos.

Sinceramente? Lamento por aqueles que investiram no PS5 e acreditaram em tudo o que a Sony vendeu.

Infelizmente, entendo que muitos fizeram papel de trouxa ao comprar o PS5. E os fatos recentes confirmam isso.

Mesmo com um console com especificações técnicas incríveis aparecendo no horizonte.


Compartilhe