Por que Fortnite foi banido da App Store e da Google Play? | TargetHD.net
TargetHD.net | Notícias, Dicas e Reviews de Tecnologia Por que Fortnite foi banido da App Store e da Google Play? | TargetHD.net Press "Enter" to skip to content
Wetten.com Brasil Apostas
Você está em | Home | Games | Por que Fortnite foi banido da App Store e da Google Play?

Por que Fortnite foi banido da App Store e da Google Play?

Compartilhe

O mundo está de cabeça para baixo, e está bem difícil entender tudo o que está acontecendo. Até porque aconteceu muitas coisas em poucas horas. Por isso, vou tentar compilar todos os eventos até mesmo para que eu entenda melhor toda essa bagunça.

 

 

 

Do começo

 

 

Era uma vez a Epic Games, que anunciou a chegada do sistema de pagamentos ‘in-app’ na versão mobile de Fortnite. Um sistema que se esquivava das comissões impostas pelas lojas de aplicativos mais populares do planeta, a App Store da Apple e a Play Store do Google. E isso infringe as políticas de uso das duas lojas.

Apple e Google não demoraram a responder, e baniram Fortnite das suas respectivas lojas de aplicativos. Ambas deixam claro que todos os pagamentos realizados, incluindo as compras dentro de um aplicativo, devem passar pelos seus respectivos sistemas e, por causa disso, estão sujeitas a pagar comissões.

 

 

A Epic Games, assim como várias outras desenvolvedoras de software, não acha justo que Apple e Google fiquem com 30% das receitas, e optou por redirecionar os jogadores para uma tela de pagamento própria, evitando assim pagar as comissões.

E, por causa disso, Fortnite foi eliminado das duas plataformas.

 

 

 

Epic Games vai brigar na Justiça

 

 

A resposta da Epic Games veio em forma de um processo contra a Apple, onde o caso se baseia na solicitação de medidas cautelares diante das práticas adotadas pela empresa do iPhone. A ação foi iniciada na Corte do Distrito do Norte da Califórnia.

Na justificativa, a Epic Games afirma que a Apple busca controlar todos os mercados, bloquear a concorrência e sufocar a inovação, sendo acusada de ser “mais arraigada e mais perniciosa que os monopólios do passado”.

A Epic também alega que “estas restrições (afetam) a distribuição de aplicativos para os usuários de smartphones e tablets e o processamento dos pagamentos dos consumidores”. A Appe também estaria dessa forma impondo restrições ilegítimas e ilegais para monopolizar completamente os dois mercados, impedindo que os desenvolvedores de software alcancem um número maior de usuários de dispositivos móveis.

Hoje, a Epic Games, uma empresa fundada por Tim Sweeney em 1991, tem em Fortnite o seu mais poderoso cavalo de batalha, uma vez que este game é “apenas” o battle royale mais popular do planeta. Só esse jogo entrega mais de US$ 350 milhões para a sua desenvolvedora.

 

 

 

Ainda dá para seguir jogando… se você já tem o jogo instalado

 

 

Aqui, não dá muito para a Epic Games discutir. Na prática, a desenvolvedora brincou com fogo, pois as normas das duas lojas de aplicativos são claríssimas nesse aspecto: todas as compras dentro do aplicativo devem passar pelos sistemas de pagamento e, por causa disso, podem ter que pagar comissões.

Já a Epic Games não esconde que seu objetivo é mesmo se esquivar de pagar os 30% das comissões, afirmando que, pelas lojas, os valores cobrados por ela seriam mais caros que aquele pago pelo método criado por eles mesmos. E reforça que “se Apple ou Google reduzirem suas comissões no futuro, a Epic aplicará esse desconto”.

Como resposta, a Epic Games anunciou que vai tomar ações legais contra a Apple pela decisão.

Para quem já tem o jogo instalado em seu dispositivo móvel, poderá seguir jogando normalmente. Porém, não é possível realizar o download do zero. Também não vai receber novas atualizações enquanto o jogo estiver banido das lojas. E, no caso do iOS, fica difícil fazer a instalação do aplicativo fora da loja, diferente do que acontece com o Android, onde qualquer APK do game resolve o problema.

Vale lembrar que a Apple está sendo investigada pela Comissão Europeia por possível monopólio, justamente porque a App Store é a única via de entrada de um aplicativo no iOS.

 

 

 

Google Play Store também baniu Fortnite

 

 

O Google seguiu os passos da Apple, e baniu o game Fortnite da sua loja de aplicativos, a Google Play Store, e pelo mesmo motivo: violação das políticas de uso da loja ao criar um sistema de pagamentos “in-app” próprio.

Porém, diferente do que acontece na App Store, os usuários do Android ainda podem fazer o download de Fortnite fora da Google Play Store, algo que a Epic Games já estava fazendo basicamente desde o lançamento do jogo, e pelos motivos amplamente explorados nesse post.

Em comunicado, o Google “deixa em aberto” a possibilidade de seguir negociando com a Epic Games para trazer Fortnite de volta ao Google Play, o que indica que essa porta ao menos não está fechada por completo, e que a solução pode não passar necessariamente pelas vias legais. Reforça também que permite que os seus desenvolvedores ofereçam os seus aplicativos em diferentes lojas, estabelecendo uma política mais justa para os desenvolvedores, além de manter o compromisso de oferecer uma loja mais segura para os usuários.

Vamos ver como isso vai terminar, mas tudo indica que a Epic Games não vai fraquejar. A prova do que eu estou falando é o vídeo publicado sobre o seu mais recente desafio legal, parodiando o famoso comercial “1984” da Apple.

 

 

 

Via The Verge, Apple, Epic Games, The Verge, Unreal Engine


Compartilhe