Compartilhe

A base de usuários da Xiaomi é enorme, e muitos dos seus usuários se consideram fãs da empresa. E não é para menos: a marca não oferece apenas smartphones funcionais, mas também entrega uma excelente relação custo benefício. Essa é a principal referência hoje do “bom, bonito e barato” no mercado de telefonia móvel. Porém, se você é fã da Xiaomi e também fã da Netflix, é melhor pensar duas vezes antes de unir esses dois amores.

Muitos usuários estão alegando incompatibilidades e a impossibilidade em utilizar o aplicativo da Netflix em smartphones da Xiaomi, e estão tentando entender o que está acontecendo. Vamos tentar explicar tudo nesse post.

 

 

Qual é o problema entre Netflix e Xiaomi?

 

O problema não é exatamente entre as duas empresas. O principal problema é que muitos dos smartphones (especialmente aqueles que contam com a ROM original chinesa, mas o problema também afeta alguns modelos da versão internacional) da Xiaomi não contam com os serviços do Google, nem a Play Store (que pode ser instalada em separado), nem mesmo estão certificados pelo Play Protect, e esse último é a pior parte.

A Netflix não permite a instalação do seu aplicativo em smartphones com root ou não certificados pelo Google, e esta é a situação de muitos smartphones da Xiaomi e de outras empresas chinesas com dispositivos de baixo custo.

Diante disso, a triste realidade é que não existe uma solução para instalar o app do serviço de streaming a partir da Play Store e obter as atualizações, tal e como acontece com os demais aplicativos instalados no smartphone. Porém, sempre é possível instalar o app da Netflix via APKMirror, mas com o ônus de não receber atualizações automáticas (os updates deverão ser feitos manualmente). Também não será possível fazer o download de filmes e séries para assistir em modo offline.

Também vale a pena mencionar que não é apenas o aplicativo da Netflix que está com problemas com alguns smartphones da Xiaomi e modelos de outros fabricantes que não contam com certificação, mas com certeza esse é o mais popular dentro dessa lista.

Fatos apresentados. Se você consegue conviver com as limitações descritas nos últimos dois parágrafos, ainda há sobrevida mesmo sem a Play Store. Mas use o recurso com moderação.


Compartilhe