Placas gráficas: NVIDIA ou AMD? | TargetHD.net
TargetHD.net | Notícias, Dicas e Reviews de Tecnologia Placas gráficas: NVIDIA ou AMD? | TargetHD.net Press "Enter" to skip to content
Wetten.com Brasil Apostas
Você está em | Home | Periféricos | Placas gráficas: NVIDIA ou AMD?

Placas gráficas: NVIDIA ou AMD?

Compartilhe

Escolher uma placa gráfica na década de 1990 era uma verdadeira odisseia. A febre do 3D resultou em uma batalha envolvendo marcas como Matrox, Creative, 3DFX, S3 Graphics, NVIDIA e ATi, que entregaram produtos variados e muito competitivos.

Agora, em 2019, essa batalha se resume a dois protagonistas: NVIDIA e AMD.

Isso tem um lado positivo, pois a vida do consumidor médio fica mais fácil na hora de decidir. Mas também entrega um lado negativo, pois uma concorrência menor afeta o desenvolvimento de novas tecnologias e resulta em preços mais elevados.

Escolher uma placa gráfica possui diferentes variáveis e pontos a serem considerados, como o orçamento disponível, o uso que você vai dar e o sistema operacional em uso. Mas sempre vamos partir de uma primeira decisão: escolher entre produtos da NVIDIA ou da AMD. E essa não é uma decisão fácil quando adotamos uma postura objetiva e imparcial.

Nesse momento, a NVIDIA tem as placas gráficas mais potentes do mercado, com os modelos RTX 2080 Super e RTX 2080 TI. Porém, nos segmentos de entrada e linha média, a AMD possui soluções muito interessantes, com uma relação custo-benefício superior aos modelos da AMD na maioria dos casos.

A escolha entre NVIDIA ou AMD também influencia no sistema operacional. Para quem usa Windows, não há com o que se preocupar: as duas marcas oferecem um suporte excelente, apesar da empresa de Sunnyvale soube envelhecer bem as placas Radeon, algo que influenciou no salto gradual dos desenvolvedores do DirectX 12 para o Vulkan, além das melhorias nos drivers. Para quem usa o Linux, a NVIDIA ainda precisa melhorar em alguns aspectos.

Olhando para a eficiência energética e temperaturas, a NVIDIA oferece designs mais eficientes e equilibrados, mesmo com um processo de fabricação de 12 nm (a AMD já trabalha com 7 nm). O motivo aqui é que a empresa de Sunnyvale ainda não completou o salto para a arquitetura RDNA, algo que deve acontecer em 2020.

 

 

Mas… então… NVIDIA ou AMD?

A resposta é complexa. Cada uma oferece benefícios relevantes, e é preciso analisar tudo o que você tem (e quer) no momento da troca da sua placa gráfica. Dependendo do seu cenário geral, uma das marcas vai superar a outra em alguns aspectos. Mas dependendo da sua situação financeira ou técnica, pode ser melhor apostar no que o futuro pode oferecer através dos dois fabricantes, especialmente nos novos processos de fabricação que estão para chegar.


Compartilhe