A Counterpoint Research publicou um relatório que mostra quais são os 10 smartphones mais vendidos no mercado chinês e ao redor do mundo em 2018. E temos uma grande surpresa nos resultados do estudo: a Oppo é a marca líder no mercado chinês, com cinco dos seus dispositivos no Top 10 de vendas em casa.

 

 

Os smartphones mais vendidos em 2018 na China

 

 

O campeão de vendas em 2018 na China foi o Oppo R15, superando o iPhone X da Apple. A Oppo volta a figurar no ranking de vendas no mercado doméstico com o Oppo A5, o Oppo A83 e o Vivo X21, que ficaram (respectivamente) na terceira, quarta e quinta posições.

Completam o Top 10 (da sexta até a décima posições, respectivamente) os modelos: iPhone 8 Plus, Vivo Y85, Oppo A72, Xiaomi Redmi 5 Plus e o Oppo R11s.

 

 

O que mais chama a atenção nesse ranking é não encontrar marcas mais renomadas ao redor do planeta, como Samsung, Xiaomi e Huawei. E isso é relevante porque estamos falando do maior mercado global de smartphones. E nem preciso dizer que a lista muda radicalmente quando olhamos para os campeões de vendas globais.

 

 

Os smartphones mais vendidos em 2018 no mercado global

 

 

O campeão de vendas globais de smartphones em 2018 foi o iPhone X. Aliás, apesar das quedas nas vendas dos telefones da Apple, esse é o telefone mais comercializado do mundo, ocupando cinco das 10 primeiras posições de vendas.

A Apple continua no pódio de vendas globais com o iPhone 8 Plus e o iPhone 8 na segunda e terceira posições de vendas. E ainda tem o iPhone 7 na quarta posição para reforçar ainda mais a sequência, que só é quebrada na quinta posição, com o Xiaomi Redmi 5A. O Samsung Galaxy S9 ficou na sexta posição de vendas, seguido por mais dois telefones da Apple, o iPhone XS Max e o iPhone XR. O Samsung Galaxy S9 Plus e o Samsung Galaxy J6 completam o Top 10 de vendas globais.

 

 

Outra curiosidade no ranking global é que não aparecem smartphones da Huawei e da Honor no Top 10. Algo bem estranho para uma marca que está na segunda posição global do mercado de telefones inteligentes.

A explicação da Counterpoint para os números aparecerem dessa forma é que as vendas das gerações anteriores do iPhone alcançam aproximadamente 100 milhões de unidades, enquanto que o iPhone XS Max e o iPhone XR venderam mais de 16 milhões de unidades cada um. Além disso, o Redmi 5A adicionou 20 milhões de unidades às remessas da Xiaomi.

Já a Huawei teria vendido mais de 13 milhões de unidades do Huawei P20 Lite, mas não teve a sua posição no ranking revelado no relatório.

Porém, os números podem mudar em 2019. Aliás, devem mudar: o recente relatório financeiro divulgado pela Xiaomi para o primeiro trimestre de 2019 revela que a empresa enviou mais de 59 milhões de smartphones para o mercado, um recorde para esse período do ano. E a projeção da empresa para 2019 é vender mais de 250 milhões de smartpones.