Wetten.com Brasil Apostas
Home » Games » Os jogos já confirmados para Xbox Series X

Os jogos já confirmados para Xbox Series X

Compartilhe

Ainda é cedo para dizer qualquer coisa, mas se tudo der certo no mundo, teremos uma nova geração de consoles chegando no final de 2020. E muita gente está decidindo agora se vale a pena fazer o investimento no futuro.

Já informamos no blog os jogos que já estão confirmados para o PlayStation 5, e agora chegou a vez de fazer o mesmo com os jogos do Xbox Series X. Muitos dos títulos são multiplataforma, mas temos também os jogos exclusivos que podem colocar o console da Microsoft à frente do seu competidor direto.

Então, vamos para a lista de tudo o que sabemos até agora sobre o catálogo de jogos do Xbox Series X.

 

 

 

Os jogos confirmados para o Xbox Series X

 

 

Halo Infinite
Everwild
Senua’s Saga: Hellblade II
Dying Light 2
Gods & Monsters
Gothic
The Lord of the Rings: Gollum
Outriders
Rainbow Six Quarantine
Starfield
Watch Dogs Legion

 

Abaixo, revisamos uma lista de jogos que não foram anunciados de forma expressa para o Xbox Series X, mas que é quase certo que vão aparecer para o console da Microsoft, seja por causa das suas respectivas datas de lançamento, seja pelo senso comum.

 

Battlefield 6
Beyond Good and Evil 2
Cyberpunk 2077
Deathloop
Dragon Age 4
Final Fantasy 7: Remake
Gears of War 5
Ghostwire: Tokyo
Marvel’s Avengers
Skull and Bones
The Witcher 4
Rainbow Six Siege
Warframe
WRC 9

 

 

 

A importância do catálogo para a próxima geração

 

 

Historicamente, os gamers sempre colocaram como uma condicionante para escolher um determinado console os títulos exclusivos para esse produto. Em alguns casos, esse fator foi mais determinante para a escolha de muita gente do que o próprio preço no produto (mas isso em um cenário global; no Brasil, bem sabemos como as coisas acontecem de uma forma um pouco diferente, onde o preço ainda é muito decisivo).

Por outro lado, com um mundo mais conectado, vários gamers estão optando por soluções gaming que permitem o jogo cruzado, ou seja, usuários de diferentes pontos do planeta e com diferentes tipos de dispositivos podem jogar o mesmo jogo entre si, sem qualquer tipo de barreira ou interferência.

Isso pode fazer com que todo o setor repense o formato de jogos exclusivos. Para muita gente, é muito melhor jogar um jogo com qualquer pessoa, em qualquer lugar, independente da plataforma do que jogar aquele jogo apenas com aquele grupo de usuários. Jogos como Fortnite e FIFA mostram claramente essa tendência de comportamento do coletivo.

Além disso, com a pandemia do COVID-19, é correto dizer que o tal “mundo sem fronteiras” se tornou ainda mais real e dinâmico, pois todo mundo que está em casa vai querer expandir os seus horizontes e desafios nos games para poder jogar com jogadores com diferentes habilidades, em diferentes plataformas.

Por isso, há quem defenda que essa será a última grande geração de consoles de videogames, tal e como conhecemos hoje. Depois disso, muitas coisas vão mudar, como o formato tradicional de console, a maior presença dos jogos por streaming e, também, o fim dos limites dos jogos exclusivos.

Em um mundo tão diferente de como era, muito provavelmente as plataformas de videogames terão que apostar em outros diferenciais técnicos e não mais nos jogos exclusivos. O ato de jogar videogames será universal e para todos, e não para grupos fechados.

Mas isso é apenas uma teoria. O tempo vai dizer se a realidade prática se apresenta de outra forma.

 


Compartilhe