Compartilhe

A Nokia trouxe de volta um dos seus smarpthones mais emblemáticos, o Nokia 5310, que era membro da família Nokia XpressMusic. Essa família de celulares chegou ao mundo em 2006, e era pensada nos fãs da música. Um modelo à frente do seu tempo, pois era um feature phone antes mesmo desse termo ser inventado.

Este é um telefone básico, pensado para quem quer fazer chamadas, receber mensagens e ter longa bateria de autonomia. Se destaca principalmente pelo seu preço incrível de apenas 39 euros.

 

 

 

Um ícone que está de volta

 

 

O Nokia 5310 mantém a essência do clássico XpressMusic, mas foi atualizado no design. As teclas (isso mesmo, jovem… TECLAS!) não contam com bordas, e se destacam pelas laterais. Os botões de controle de música estão mantidas do lado direito (play, voltar e avançar) e do lado esquerdo (controle de volume).

Na parte traseira, encontramos uma câmera VGA apenas para constar, acompanhada de um flash LED e o logo da Nokia. E nada mais. A tampa para a bateria é removível, o que permite a sua troca em caso de necessidade.

Na parte frontal, encontramos um teclado alfanumérico de 12 teclas, botões para atender ou recusar chamadas, uma cruz com botão central e dois botões para navegar pelos menus na parte superior. A tela tem um tamanho de 2.4 polegadas (QVGA) e dois alto-falantes estão presentes em um telefone que está mais do que arraigado na melhor reprodução musical.

 

 

 

A música e a bateria como principais apelos

 

 

O Nokia 5310 não nasceu para ser potente no hardware. Na verdade, ele é bem básico, e pensado para um uso bem básico. Encontramos aqui 8 MB de RAM, processador MT6260A e 16 MB de armazenamento (expansíveis via microSD de até 32 GB).

O armazenamento aqui é importante, pois é nesse microSD de 32 GB que você vai armazenar as músicas que o Nokia 5310 vai reproduzir. O controle mediante botões entregam uma experiência diferente para o consumo de música, e o rádio FM pode ser ouvido via cabo (com o fone de ouvido de 3.5 mm) ou sem fio.

 

 

Sua bateria de 1.200 mAh é suficiente para que o Nokia 5310 aguente até 30 dias em standby ou 20.7 horas de conversação contínua. Lembrando que estes são números teóricos, mas bem sabemos que o sistema operacional Nokia Series 30+ é capaz de milagres nesse aspecto. Surpreende não ver aqui o KaiOS, pois ele poderia oferecer o WhatsApp e outros apps compatíveis.

Mas… o objetivo desse telefone não é bem esse.

 

 

 

Versões e preço do Nokia 5310

 

 

O Nokia 5310 chega ao mercado global no final de março de 2020, com preço sugerido de apenas 39 euros. Não há previsão de lançamento ou preço para o Brasil, mas… #EuQuero!

 


Compartilhe