Compartilhe

A TIM anunciou as medidas que vai tomar no Brasil para auxiliar no combate da pandemia do coronavírus, colaborando assim para a manutenção das relações produtivas e pessoais, e contribuindo para evitar deslocamentos e aglomerações.

Nesse post, fazemos um resumo de todas as medidas anunciadas pela operadora.

 

 

 

Internet móvel

 

A TIM vai liberar bônus para clientes pós-pago e controle via aplicativo MEU TIM, mas sem especificar a quantidade de dados. Os clientes pré-pago vão receber 100 MB por dia, desde que assistam ao vídeo educativo sobre a pandemia no site da empresa.

 

 

 

Roaming internacional

 

A operadora dobrou o roaming internacional nos Estados Unidos e Europa para os clientes que viajaram para o exterior e não conseguem retornar para o Brasil, por conta das diferentes dificuldades estabelecidas em diferentes países, cujas fronteiras estão fechadas, ou pelas companhias aéreas que estão complicando a vida dos seus clientes.

 

 

 

Trabalho remoto

 

A TIM liberou acesso sem desconto de franquia para todas as ferramentas do Microsoft Office 365 par auxiliar a vida dos profissionais que vão trabalhar em home office.

 

 

 

Recomendações da Anatel

 

A TIM está seguindo uma das principais recomendações da Anatel, que é a liberação do acesso ao aplicativo Coronavírus – SUS (para Android e iOS), que tem todas as informações necessárias para se proteger do vírus.

 

 

 

Banda larga fixa

 

A TIM destaca que já entrega velocidades de download e upload acima das médias de mercado para a banda larga fixa, e não limita o uso de dados. Além disso, oferece a assinatura da Netflix no TIM Black Família e outros apps de entretenimento, como o TIM Games e o Playkids (que serão liberados de graça), e os apps de leitura.

 

 

 

Experiência na Itália e problemas no Brasil

 

A TIM destaca que a experiência na Itália foi fundamental para fortalecer a atuação no Brasil, antecipando medidas e adaptando ações necessárias. Não sabemos se a operadora vai oferecer dados ilimitados para as cidades afetadas pelo coronavírus por aqui, tal e como fez no país europeu.

Por outro lado, em 12 de março, um prédio da TIM em Curitiba (PR) foi evacuado preventivamente, pois uma funcionária da operadora esteve em contato com um cliente corporativo da empresa que testou positivo para o COVID-19. Outro prédio da TIM em São Paulo (SP) também foi fechado pela suspeita de infecção do coronavírus.

A TIM destacou os seus protocolos de contingência em caso de pandemia, além do esquema especial de acesso a elevadores, dispositivos com álcool em gel em todos os prédios e orientações aos colaboradores, mas não comentou de forma específico os dois evacuamentos de suas unidades.

 

 

Via Minha Operadora


Compartilhe